#EYNnoFDS

O seu guia de entretenimento em um só lugar. Dicas do que ver, ler, ouvir, onde ir, o que comer e beber, aplicativos e muito mais…

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
  • Todos
  • Abrindo a cabeça
  • App da semana
  • O que comer e beber
  • O que ler
  • O que ouvir
  • O que ver
  • Onde ir

Um chamado global contra a pobreza

Esses dias redescobri as apresentações do Live 8 e me deu uma nostalgia sem tamanho (aliás, ando nostálgica, ultimamente). Ouvi Super Duper Love da Joss Stone, In My Place do Coldplay, Vertigo do U2, Black Eyed Peas, Madonna, Muse, Elton John e por aí vai… que show! A energia da plateia, as músicas que marcaram minha juventude… Para quem não sabe (o que me surpreenderia), o Live 8 foi uma série de concertos realizados em julho de 2005, organizados pelo músico Bob Geldof e pela campanha Make Poverty History, com o objetivo de aumentar a conscientização sobre a pobreza global e pressionar os líderes do G8 a tomar medidas para aliviar a dívida e aumentar a ajuda aos países mais pobres da África. Os concertos foram realizados em várias cidades ao redor do mundo, incluindo Londres, Paris, Berlim, Roma, Filadélfia, Moscou, Barrie, Joanesburgo e Tóquio, e contaram com a participação de muitos artistas famosos, como U2, Madonna, Coldplay, Pink Floyd, The Who, e muitos outros. 

Luxo e mistério na elite de Palm Beach nos anos 70

AppleTV+

Entrei nesta série sem saber bem o que esperar, mas até agora tem sido bastante divertida. “Palm Royale” acompanha a história de Maxine Dellacourte (interpretada por Kristin Wiig), uma recém-chegada à cidade, que tenta entrar com charme no círculo íntimo da elite de Palm Beach, mas que se depara com mais obstáculos e surpresas do que esperava. É divertido e um pouco extravagante – estou enlouquecida pelos vibrantes figurinos e cenários dos anos 70. A história tem um pouco de mistério entrelaçado que nos deixa pensando por quem estamos realmente a torcer. Ah, e detalhe, o elenco é ótimo, conta com Ricky Martin (sim, O Ricky Martin), Allison Janney e Laura Dern entre eles.

Aventura gelada: descubra os sabores mais criativos e refrescantes que o mundo dos sorvetes tem a oferecer!

Tá fazendo um calorzão e eu só consigo pensar em uma coisa… sorvete! Mas, desta vez, resolvi trazer o novo, ou seja, sabores que vão surpreender e despertar nossos sentidos. É hora de explorar combinações inesperadas, mergulhar em novas experiências e refrescar-se com sabores que desafiam a previsibilidade.

Sorvetes exóticos e artesanais da Amazônia: a Sorvetes Bárbaros oferece uma variedade sazonal de sabores que incluem tucupi negro, cumaru, rapadura, bacaba, entre outros. Se sorbet é a sua pegada, não deixe de provar os sabores de açaí, cupuaçu e cajá, enquanto se entrega a uma experiência única de sabor. Rua Caiubi, 1461 – Perdizes. 

A sorveteria libanesa Bachir, com 80 anos de tradição e 50 lojas em seu país de origem, o Líbano, oferece receitas exclusivas, como o sorvete de rosas e de tâmaras, servidas em casquinhas e cobertas com pistache triturado. Além deste, sabores como ashta, miski, tâmara e damasco, inspirados nos doces típicos do país, são uma novidade para os brasileiros, conquistando entusiastas da onda de sorvetes especiais. R. Diogo Jácome, 686 – Vila Nova Conceição.

Amantes de sorvetes artesanais, sem corantes, saborizantes e bases prontas, a Pinguina tem os sabores brasileiros como grandes estrelas do menu. Cumaru, cupuaçu, seriguela e baunilha com lavanda prometem – e muito – te deliciar! Rua Medeiros de Albuquerque, 337 – Vl. Madalena.

Que tal experimentar um sabor de sorvete diferente sem precisar sair do conforto do lar? Inspirados pela cantora Dua Lipa, que revelou que sua sobremesa favorita é sorvete de baunilha com sal e azeite, muitas pessoas têm experimentado essa receita compartilhando vídeos nas redes sociais. A sobremesa rapidamente se tornou uma tendência, então por que não se aventurar e experimentar também? Ah, o recomendado é usar flor de sal e azeite condimentado, bem como limão siciliano.

Uma jornada única e emocionante no mundo de Ayrton Senna

O Rio de Janeiro recebe a exposição “Eu, Ayrton Senna da Silva – 30 Anos”,  que promete uma experiência interativa e imersiva na vida e carreira do tricampeão mundial de Fórmula 1. Com tecnologia de ponta, incluindo modelagem 3D realista e Inteligência Artificial, os visitantes poderão reviver momentos marcantes das corridas, sentir a emoção das vitórias e conhecer detalhes pessoais do piloto. Ideal tanto para os fãs de automobilismo quanto para aqueles em busca de inspiração e descoberta.

Quando: 01 de maio a 23 de junho 

Onde: Shopping Village Mall, RJ

Sobre liberdade, arrependimento e os mistérios do amor

“Em agosto nos vemos” é o livro recém lançado, inédito e póstumo de um dos maiores escritores que o mundo já conheceu, Gabriel García Márquez. O livro é uma profunda meditação sobre liberdade, arrependimento e os mistérios do amor – ele celebra a vida, o desejo feminino e a resistência ao tempo. A história acompanha Ana Magdalena Bach, que todo mês de agosto viaja para uma ilha caribenha para homenagear sua mãe. Um encontro inesperado em um bar desencadeia uma série de eventos que mudam sua vida para sempre, levando-a a buscar novos amantes a cada agosto. O livro, escrito no estilo envolvente e característico do autor, é uma preciosidade que cativará tanto os fãs de longa data quanto os novos leitores.

Prepare-se para uma montanha-russa de emoções! 

“Untold” é um podcast produzido pela equipe de investigações especiais do Financial Times e, já adianto, é altamente viciante e nos deixa ansiosos para desvendar cada segredo por trás dessa intrigante história. Na primeira temporada, intitulada “The Retreat” (O Retiro), mergulhamos no fascinante mundo da rede Goenka e sua prática de meditação mundialmente conhecida, Vipassana. Tudo começa com um e-mail preocupante de Stephen, um pai aflito, cujas filhas gêmeas sofreram transformações perturbadoras após participarem desses retiros. Os retiros Goenka são tão cobiçados quanto ingressos para um show do Glastonbury, elogiados até por titãs da tecnologia. No entanto, por trás dessa fachada de serenidade, alguns participantes relatam experiências sombrias de terror e despersonalização. Uma vez mergulhados nesse universo, é difícil escapar do mistério que envolve esses retiros.

Entretenimento puro

Amazon Prime

Esse filme é aquela misturinha irresistível de comédia e amor que tanto adoramos, sabe? Não é o melhor filme do mundo, mas daqueles ótimos para assistir durante um voo. “The Idea of You” explora a fantasia de um relacionamento entre uma mulher de 40 anos, chamada Solène, interpretada por Anne Hathaway, e um astro pop que lembra Harry Styles. Dirigida por Michael Showalter, a história se originou da paixão da autora por um membro de uma boyband e suas reflexões imaginativas sobre fugir com ele em uma turnê. Solène, uma galerista de sucesso em Los Angeles, é retratada como se ainda estivesse se recuperando do divórcio e da infidelidade do ex-marido. 

Pegue uma mimosa, sirva-se de waffles e aproveite o momento! 

Essa playlist oferece uma seleção de músicas perfeitas para acompanhar um brunch descontraído entre amigos, em família ou simplesmente para animar o seu dia. Uma vibe divertida e animada que combina perfeitamente como mood relax do brunch. Desde faixas ensolaradas até batidas vibrantes, esta playlist é a trilha sonora ideal para momentos cheios de risadas, boa comida e ótima companhia.

Espionagem, intriga e a maestria de Robert Downey Jr

Max

Baseada no romance de Viet Thanh Nguyen, vencedor do Prêmio Pulitzer, a série “The Sympathizer”, dirigida por Park Chan-wook e com produção executiva de Don McKellar, é inovadora ao escalar atores vietnamitas para os papéis principais e apresentar predominantemente diálogos em vietnamita. No elenco, Robert Downey Jr. e Sandra Oh ajudam a contar a história que acontece perto do fim da Guerra do Vietnã, em que um espião infiltrado no exército do Vietnã do Sul foge para os Estados Unidos e se instala em uma comunidade de refugiados, onde continua a reunir informações de inteligência e a informar os vietcongues.

O vibrante mundo da gastronomia em São Paulo!

De feiras de rua a festivais de comida, São Paulo oferece uma variedade de experiências culinárias para todos os gostos e bolsos. Hoje, separamos 3 eventos gastronômicos gratuitos que prometem movimentar as ruas da cidade, encantando os paladares mais exigentes. 

O NekôFest está acontecendo hoje, promovido pelo app Vou de Nekô, das 11h às 19h30, com entrada gratuita. Com mais de 50 expositores, o evento oferece uma variedade de comidas típicas e atividades culturais que representam diversos países asiáticos. Entre as atrações estão oficinas de mangá, apresentações de dança, Taiko, bandas de Kpop e Anime, Kung fu, e performances musicais. Além disso, há uma ampla lista de restaurantes participantes, como Tamashii, Izakaya Otoshi, Fat Buddha, entre outros, oferecendo uma variedade de pratos asiáticos. Os visitantes também podem comprar itens típicos, como velas com aromas do Japão, peças de cerâmica, jóias, entre outros produtos.

Onde: Praça em frente ao Mercado de Pinheiros: R. Dr. Manoel Carlos Ferraz de Almeida – nas proximidades da estação Faria Lima do metrô / Data: Hoje, 27/04 / Horário: das 11h às 19h30 / Entrada gratuita. 

Neste domingo, também acontece a segunda edição do Charco na Rua, organizada pelo chef Tuca Mezzomo, e contando com a participação de chefs renomados, como Marsia Taha, Caio Soter e Catarina. O evento, aberto ao público das 12h às 17h, oferecerá nove receitas preparadas na brasa, acompanhadas de uma seleção de cervejas, coquetéis e vinhos. Os pratos incluem opções como anticucho de boi, espetinho de sambiquira, maminha de sol e tosta defumada, além das delícias da cozinha do Charco.

Onde: Charco, na Rua Peixoto Gomide, 1492, Jardim Paulista / Data: 28/04 / Horário: das 12h às 17h / Entrada gratuita. 

No feriado de 1º de maio, acontece o 1º Miles Street Jazz Festival – Segunda Edição, organizado por Leandro Dias, proprietário do Miles Wine & Jazz Bar. O evento celebra tanto o Dia Internacional do Jazz, em 30 de abril, quanto o terceiro aniversário do Miles. Espera-se a presença de cerca de 10 mil pessoas, que serão servidas com mais de 1.200 pratos de paellas e um cardápio especial de tapas, além de uma seleção de vinhos, drinques e chopes. Haverá também brinquedos infláveis para crianças e um espaço dedicado aos pets. 

Onde: Rua Antônio de Macedo Soares, 1373, Campo Belo / Data: 01/05 / Horário: das 11h às 19h / Entrada gratuita. 

As diversas faces da natureza, tornando-se parte de nossa imaginação e experiência

Solange Pessoa explora os minerais de uma forma única na exposição “Funduras”, trazendo à superfície suas cores e texturas singulares. Ela cria um mundo onde bronze, pedra, prata e cristal se misturam, convidando-nos a contemplar essa união. Sua arte nos leva a lugares oníricos, onde elementos da terra ganham vida. Em obras como “Deliria Deveras”, a prata e o cristal se unem em brilho e reflexo, nos convidando a mergulhar nesse mundo. A série de pinturas “Solarengas 2” amplia esse universo, trazendo memórias da terra e de suas histórias. 

Até 11 de maio de 2024.

Onde: Mendes Wood DM (Rua Barra Funda, 216, Barra Funda – São Paulo).

O novo romance do autor de One Day, David Nicholls, prova que ele continua sendo um mestre da história de amor!

O romance “You Are Here”, de David Nicholls, se desenrola habilmente com a precisão de um engenheiro construindo uma ponte. Por meio de uma prosa aparentemente simples, Nicholls nos apresenta a Marnie, uma revisora e editora de 38 anos de idade, que está enfrentando a solidão após um casamento fracassado. Sua vida se cruza com a de Michael, um professor de geografia que luta com suas próprias decepções. Alternando as perspectivas entre Marnie e Michael, Nicholls tece uma história de amizade e vulnerabilidade, enquanto eles embarcam em uma viagem pela Inglaterra. Embora alguns possam achar previsível o foco de Nicholls em histórias de amor comuns e temas comuns, sua maestria em contar histórias brilha, deixando os leitores com uma sensação boa, extremamente necessária em tempos incertos.

Desvende sua própria jornada pessoal em busca da coragem e do amor genuínos

Adoro Brené Brown (quem não?) e seu podcast Unlocking Us oferece insights profundos sobre as complexidades que moldam nossas vidas. Com mais de duas décadas de pesquisa sobre as emoções e experiências que dão sentido à vida, Brown nos conduz a uma compreensão mais profunda de nós mesmos e como nos conectar de forma mais genuína com os outros. A cada episódio, ela aborda temas como esgotamento e como superar o ciclo de estresse, além de explorar a anatomia da confiança e a importância das desculpas.

Desvendando a tragédia de Reena e a angústia da rejeição para os adolescentes

Hulu

“Under the Bridge” explora a história de um crime real dos anos 90 envolvendo uma adolescente de 14 anos desaparecida e os adolescentes cruéis e voláteis que estavam com ela em seus últimos momentos perto da Craigflower Bridge, em Victoria, British Columbia. Adaptada do livro de não-ficção de Rebecca Godfrey, a série ressalta que a capacidade de compaixão dos adolescentes é frágil e, muitas vezes, influenciada pelas ações dos adultos ao seu redor, além de explorar temas como saudade, alteridade e fragilidades da comunidade. Riley Keough e Lily Gladstone interpretam os adultos envolvidos na investigação; a trilha sonora é tão anos 90 quanto o cenário.  

Reimaginando clássicos e nem tão clássicos assim…

Ultimate Covers é uma playlist cuidadosamente escolhida de músicas cover, que abrange uma variedade de gêneros musicais. Desde interpretações emocionantes de clássicos do rock até versões acústicas despojadas de hits pop, essa seleção celebra a arte e a criatividade dos músicos que reinventam canções icônicas. Se você está a fim de ouvir melodias nostálgicas com um toque novo ou descobrir reinterpretações inventivas de favoritas atemporais, essa é pra você.

Um lembrete assustador das consequências de permitir que falsidades floresçam na sociedade

Max

Alex Jones é uma figura controversa amplamente reconhecida por sua plataforma Infowars, na qual promoveu diversas teorias da conspiração, incluindo aquelas relacionadas ao tiroteio na escola primária Sandy Hook, e alegações sobre a participação do governo em vários eventos. Sua influência e alcance geraram debates acalorados sobre liberdade de expressão, responsabilidade da mídia e disseminação de desinformação. O documentário “The Truth vs. Alex Jones”, dirigido por Dan Reed, destaca o implacável assédio enfrentado pelas famílias das vítimas. Através de entrevistas com essas famílias, imagens de tribunais e uma exploração do mundo controverso de Jones, o embate entre a verdade e a manipulação é ilustrado de maneira vívida! 

Há quem ame e quem odeie cachorro quente. Aqui vão dicas de onde comer um bom dogão! 

Ah, o delicioso e indulgente hot dog, que ocupa o indiscutível topo do fast food! Desde os clássicos toppings de ketchup e mostarda até os mais extravagantes, como chili, queijo derretido e cebola crocante, não há limites para a diversão que você pode ter montando o seu hot dog perfeito. 

Na Hot Pork, tudo é produzido por eles, desde as salsichas até os pães. A casa especializada em cachorro-quente, dos chefs Janaína Torres Rueda e Jefferson Rueda (alou Casa do Porco) destaca-se pela criatividade quando o assunto é dogão – tem o Hot Pork, com pão de batata, salsicha de porco caipira, picles de cebola-roxa e de pepino, ketchup de tomate com maçã, mostarda da casa e maionese com limão, e o Not Pork, uma versão vegetariana feita com embutido de tofu e cogumelos. 

O The Dog Haüs, no Itaim Bibi, surgiu em 2013, sendo um dos pioneiros a se dedicar exclusivamente a esse clássico. Eles oferecem uma variedade de 15 tipos de hot dogs, todos servidos em baguetes de fermentação natural ou pão de leite. Com opções que incluem salsicha de calabresa, cordeiro, bovino, vitela e veggie.

O Hot Rod Dog, na Mooca, é inspirado nas estradas americanas e é um ponto de encontro para os amantes de cachorro-quente, shakes e cervejas artesanais. O destaque vai para o cachorro-quente homônimo, feito com salsicha frankfurter suína, chilli beans com carne, molho de pimenta da casa, guacamole, pico de gallo e jalapeño. Há opções vegetarianas com salsicha de soja, além de variedades com queijo mozzarela e molhos diversos. 

Nathan’s Famous 

A centenária Nathan’s Famous – marca americana de hot dogs que há 100 anos conquista diversas gerações com seu sabor autêntico de New York, agora possui lojas em São Paulo. Desde a primeira unidade, em Coney Island, distrito do Brooklyn, a marca preza pelo atendimento de qualidade ao cliente. É um fast food com serviço de restaurante, um diferencial aqui no Brasil.

Endereço: Shopping Pátio Higienópolis (Av. Higienópolis, 618 – 3 piso – Higienópolis)

Manda pra gente o hot-dog favorito da sua cidade 🙂 

Musicais: um mundo de fantasia e magia, onde as emoções são transmitidas por meio de música e dança

Os musicais têm o poder de transportar os espectadores para mundos repletos de magia, emoção e música. Combinando performances vocais, coreografias e narrativas, os musicais cativam audiências de todas as idades. Desde os clássicos da Broadway até produções contemporâneas, esses espetáculos oferecem uma experiência teatral única, onde os personagens ganham vida através das canções. Com temas que variam desde romance e drama a comédia e aventura, eles proporcionam uma jornada emocional inesquecível. 

Em cartaz:

SP

No palco do Teatro Santander, “Tarsila, a Brasileira” ganha vida, transportando o público através da fascinante jornada de Tarsila do Amaral, desde sua chegada em São Paulo até seu encontro com os proeminentes artistas modernistas após sua formação na escola de artes, em Paris. A peça mergulha na efervescência cultural da época, explorando os excessos do período e destacando a criação de sua obra-prima, “Abaporu”. Encerra em 26 de maio.

Cabaret“, tem uma versão do clássico musical, só que dessa vez apresentada de maneira inovadora, sem palco, mergulhando o público na atmosfera única e envolvente do Kit Kat Klub. Sob a supervisão do Mestre de Cerimônias, Emcee (interpretado por André Torquato), o local se torna o ponto de encontro da cantora, Sally Bowles (interpretada por Fabi Bang), e do escritor Cliff Bradshaw (interpretado por Ícaro Silva). Encerra em 12 de maio. 

Baseado no clássico filme de 1952, o musical “Cantando na Chuva” se passa em Hollywood, no final dos anos 20, e conta os tropeços vividos pelas estrelas do cinema mudo, Don Lockwood (Rodrigo Garcia) e Lina Lamont (Fefe Muniz), durante a transição para o cinema falado. Tudo muda quando uma corista é contratada para dublar a superestrela (e muito estridente) Lina. Grandes números de sapateado e até chuva no palco! Encerra em 16 de junho. 

RJ

“Alguma Coisa Podre”, sucesso da Broadway, estreou essa semana, trazendo uma comédia envolvente ao Teatro Casa Grande. Dirigida por Gustavo Barchilon, a peça conta com um elenco estelar, incluindo Marcos Veras e Laila Garin. A história, uma brincadeira sobre a suposta rivalidade entre Shakespeare e os protagonistas Nick e Nigel, tem conquistado prêmios e elogios ao redor do mundo.

Logo mais:

Mel Lisboa reprisa seu papel como Rita Lee em “Rita Lee – Uma Autobiografia Musical”, um espetáculo baseado na primeira autobiografia da renomada rainha do rock nacional. Com a aprovação da própria cantora, esta produção é liderada pela equipe responsável pela aclamada peça, “Rita Lee Mora Ao Lado”, de 2014. Estreia dia 26 de Abril. 

Após 12 anos desde sua primeira estreia no Brasil, “Priscilla, a Rainha do Deserto”, musical imperdível, retorna ao palco do Teatro Bradesco. Repleto de sucessos da música pop e figurinos lindos, o espetáculo nos leva junto com três amigas drag queens em uma viagem emocionante pelo deserto. Reynaldo Gianecchini e Diego Martins assumem os papéis de Anthony Tick Belrose e Adam Whiteley, enquanto Verónica Valenttino e Wallie Ruy alternam como Bernadette Bassenger.

A história assombrosa de June e Jennifer Gibbons

Nem todos os podcasts de crimes reais valem a pena ser ouvidos, mas este aqui é realmente instigante. June: Voice of a Silent Twin conta a história das gêmeas idênticas, June e Jennifer Gibbons, que cresceram na década de 1970, no País de Gales, falando apenas uma com a outra e isoladas do mundo exterior. Depois de uma breve paixão por alguns garotos, elas são levadas pela mágoa e pela busca de vingança em uma onda de crimes que dura cinco semanas. Com apenas 19 anos de idade, elas se tornaram as mulheres mais jovens do Broadmoor Secure Psychiatric Hospital. Esta é a história de seus crimes e de sua libertação, que terminou em tragédia. 

Sob as memórias perdidas: um romance de mistério e redescoberta

The Premonition é o mais recente romance da autora best-seller, conhecida pelo clássico japonês, “Kitchen“. Yayoi compartilha uma vida com sua família amorosa e aparentemente perfeita, um cenário que lembra uma cena dos filmes de Spielberg. No entanto, por mais que seus pais compartilhem histórias felizes de sua infância, Yayoi é assombrada pela sensação de que algo importante sobre seu passado foi esquecido. Decidindo fazer uma pausa, ela se refugia na casa de sua misteriosa, mas amada, tia Yukino, cujo comportamento peculiar inclui acordar Yayoi às 2h da manhã para beber, assistir repetidamente a “Sexta-feira 13” e se desfazer de todas as coisas que ela quer esquecer. Yukino vive uma vida aparentemente sem ordem, mas por trás dessa fachada, Yayoi começa a desvendar memórias perdidas, e tudo o que ela acreditava saber sobre seu passado se vê ameaçado.

Uma oferta de trabalho de resgate transformada em um golpe mortal!

Netflix

De acordo com o The Guardian, a nova série “Ripley” supera em muito a versão de 1999, estrelada por Matt Damon. Este sucesso é amplamente atribuído ao desempenho brilhante do aclamado ator, Andrew Scott, conhecido por seus papéis em “Black Mirror” e “Fleabag”, no papel de Tom Ripley, o protagonista. Ao longo dos oito episódios, a trama segue Ripley, contratado para resgatar o filho de um homem rico, que se perde em uma vida de luxo na Itália. No entanto, à medida que ele se envolve com a alta sociedade, Ripley desenvolve uma obsessão que o leva a extremos, incluindo o desejo de assumir a identidade de outra pessoa na Nova York dos anos 1960. Inspirada no romance “O Talentoso Ripley”, de Patricia Highsmith, a série adapta apenas o primeiro livro, sem confirmação de adaptação dos demais.

O remake de Road House, filme cult dos anos 90

Amazon Prime 

Jake Gyllenhaal assume o papel de um boxeador descontraído no reboot de “Road House“. Embora o filme original de 1989 tenha recebido críticas mistas no lançamento, desde então, ele alcançou o status de cult – em grande parte, devido à atuação sincera de Patrick Swayze. Reconhecendo o potencial de melhoria, o remake, dirigido por Doug Liman, tenta refinar a premissa de um segurança durão que enfrenta clientes indisciplinados. Gyllenhaal é um ex-lutador do UFC que aceita um emprego como segurança em uma casa noturna, em Florida Keys, e acaba se envolvendo no mundo das lutas clandestinas. No entanto, apesar da presença carismática do ator e de alguns aprimoramentos em relação ao original, segundo a crítica, o filme acaba não conseguindo capturar a magia de seu antecessor. Se assistir, quero saber sua opinião! 

Um dos destinos mais procurados para quem busca uma experiência gastronômica única em São Paulo 

Prestes a completar 9 anos, o Tan Tan é um ponto obrigatório para qualquer amante da gastronomia na cidade de SP – seja você morador ou turista. Sob a direção de Thiago Bañares, o local conquistou reconhecimento mundial por sua coquetelaria ousada e marcante. Com uma lista de drinques que surpreende e desafia os paladares mais exigentes, o Tan Tan mantém-se lotado diariamente, com filas até mesmo em dias de semana. Pois é…o bar, ao longo dos anos, recebeu reconhecimento internacional, figurando em diversas listas de prestígio, como o World’s 50 Best Bars Awards e o TOP 500 BARS.

Recentemente, Bañares e o head bartender, Caio Carvalhaes, decidiram inovar na carta de drinques, criando 14 novas opções divididas em cinco categorias distintas, tornando a experiência mais acessível e agradável para todos os públicos. Além dos drinques, a culinária do Tan Tan também merece destaque, oferecendo pratos como Spring Rolls Royce e asinha de frango frita, que harmonizam perfeitamente com os coquetéis. O ambiente do bar também passou por uma reforma, com uma nova estação de bar em aço inox e um balcão de madeira que proporciona uma atmosfera clássica e acolhedora. 

Amanhecer feliz! 

Feriadão e não tem melhor oportunidade para colocar em dia a leitura do seu livro, das suas newsletters, das suas revistas e sites favoritos… pensando nisso, para acompanhar esse momento delícia, selecionei essa playlist com aquele cheirinho de café para uma manhã relax, alto astral e leve pra começar o dia. 

O novo capítulo do Edifício Martinelli

No centenário de sua construção, o Edifício Martinelli, um dos primeiros arranha-céus de São Paulo, se prepara para uma nova fase com uma programação cultural diversificada, incluindo feira de arte, festival de design e visitas guiadas. Sob o projeto M100, o grupo Tokyo lidera a iniciativa de abrir o edifício ao público antes da requalificação final, oferecendo uma oportunidade única para conhecer o local. Com uma proposta de restauração liderada pelo renomado arquiteto, Rodrigo Ohtake, o Martinelli promete se tornar um novo ponto turístico na capital paulista, seguindo o exemplo do vizinho, Altino Arantes – também conhecido como prédio do Banespa – com a inauguração do Farol Santander. Uma dica valiosa para os visitantes é aproveitar essa chance especial de explorar a história e a arquitetura desse ícone da cidade antes das obras de renovação começarem.

No térreo haverá um hall de entrada, elevadores que levam ao terraço, um café, uma loja e um espaço expositivo no subsolo. Nos andares superiores, o antigo palacete onde Giuseppe Martinelli morou será renovado: o 25º andar contará com outro espaço expositivo e um restaurante de comida brasileira, destacando a cozinha paulista. O 26º andar terá os terraços revitalizados, oferecendo áreas para apreciar a vista panorâmica da cidade, além de espaço para eventos ao ar livre.

Programação:

Visitas guiadas: a partir de 29/3, o prédio volta a receber visitas guiadas e gratuitas, mediante agendamento online. As informações estarão no @edificio martinelli
Festas: ao longo dos 100 dias, o terraço receberá festas consagradas da noite paulistana, como Gop Tun, Pista Quente, Primavera Te Amo.

Do autor do best-seller O Poder do Hábito: como desvendar a linguagem secreta da conexão

Em seu novo livro, Supercomunicadores, Charles Duhigg revela os segredos daqueles que são excelentes em conduzir conversas para o sucesso, navegar por tópicos difíceis com facilidade e fazer com que os outros se sintam compreendidos: os supercomunicadores. Com base em estudos de caso cativantes e pesquisas de ponta, Duhigg investiga a arte e a ciência da comunicação, revelando as estratégias e técnicas que permitem que as pessoas se conectem de forma eficaz, mesmo em circunstâncias desafiadoras. Seja um agente da CIA conquistando um espião relutante ou um médico se envolvendo com um cético em relação a uma vacina, os insights de Duhigg oferecem lições valiosas para todos, transformando a maneira como abordamos as conversas e os relacionamentos interpessoais. 

Um lembrete da luta contínua pela igualdade na arena política dos EUA

Netflix

Regina King faz um poderoso retrato de Shirley Chisholm em “Shirley“, filme dirigido por John Ridley, que investiga a audaciosa candidatura da congressista à presidência, em 1972. Juntamente com um elenco estelar, incluindo Lance Reddick e Lucas Hedges, King dá vida à jornada inovadora e pioneira de Chisholm em um cenário político dominado por homens brancos. O filme, embora ocasionalmente caia em uma narrativa estereotipada, captura a essência do espírito de Chisholm e a batalha difícil que ela enfrentou como uma mulher negra na política. Shirley é, pelo menos, uma justificativa do que sua decisão de concorrer – tão ridicularizada na época – significou para as gerações seguintes, tanto em termos de esperança quanto de depressão.

Vamos a primeira playlist de 2024? 

Para quem não sabe, a EYN tem uma série de playlists legais para te acompanhar em diversos momentos diferentes da sua vida! A primeira deste ano foi curada com uma seleção de músicas energizantes de batidas e ritmos contagiantes para você mexer o esqueleto e se mover ao som de músicas vibrantes. Libere sua energia enquanto dança ou corre, ao ritmo de músicas que vão agitar sua alma e fazer você se sentir vivo. 

Poder, paranoia e intriga política se revelam

HBO Max

Kate Winslet retorna na série de comédia satírica “O Regime”, escrita por Stephen Frears e produzida pela equipe por trás de “Succession”. Winslet interpreta a protagonista, Elena Vernham, a governante de mão de ferro de um regime fictício na Europa Central. No entanto, sua liderança enfrenta ameaças crescentes à medida que protestos e outras questões desestabilizam seu governo. À medida que seu poder diminui e a paranoia se instala, Elena passa a confiar mais nos conselhos do militar, Coronel Herbert Zubank (Matthias Schoenaerts). Mas sua busca incessante pelo poder pode acabar levando à sua queda. O elenco também inclui Andrea Riseborough como a gerente do palácio de Elena, Martha Plimpton como a fictícia Secretária de Estado dos EUA, e Hugh Grant como o líder da oposição do país.

Livros infantis para presentear ou comprar

A literatura infantil passou por uma transformação notável, tornando-se um universo de criatividade e diversidade. Para mim, presentear amigas que embarcam na jornada da maternidade com livros é um gesto significativo – sem falar que também adoro recebê-los. Desde obras de arte visualmente impressionantes até clássicos intemporais, as opções são vastas e variadas. No entanto, ao escolher cuidadosamente os livros para esses pequenos, um princípio fundamental não deve ser esquecido, especialmente para crianças negras: a representatividade. É fundamental que as crianças encontrem personagens que se assemelham a elas de forma positiva nas histórias que leem, em uma ampla gama de narrativas e ambientes. Por isso, é minha prioridade incluir livros com protagonistas de diversas origens, garantindo que cada criança possa se ver representada nas páginas de suas próprias histórias. Vamos a minha curadoria? Ah, só para avisar: na lista tem livros que são importados, mas lembre-se que no Brasil, livros importados não são taxados, ok? 

Aaron Slater, Illustrator” de Andrea Beaty, ilustrado por David Roberts, conta a história de um garoto que sonha em ser um contador de histórias, mas tem dificuldades com as palavras por causa de sua dislexia. Ele aprende a contar histórias por meio de imagens. Adoro o fato de que ele celebra a diferença e mostra que há muitas maneiras de atingir um objetivo.

Jacqueline Woodson, vencedora do National Book Award, e Rafael López, duplo ganhador do Prêmio Pura Belpré de Ilustração, colaboraram para criar “O Dia Em Que Você Começa”, que aborda a coragem de se conectar, mesmo quando nos sentimos assustados e isolados. A história destaca os desafios de entrar em um ambiente onde você se sente diferente dos outros, seja por sua aparência, forma de falar, origem ou qualquer outra razão. No entanto, o livro também transmite uma mensagem de esperança, mostrando que, apesar das dificuldades, é possível encontrar maneiras de se integrar e se sentir aceito.

A protagonista estava animada, aguardando ansiosamente a chegada de sua irmã. Todavia, ao se deparar com a irmã recém-nascida, sua decepção é palpável: “Eu pensava que seríamos iguais, que brincaríamos juntas, que seríamos grandes amigas…” A autora Fran Matsumoto aborda de forma divertida e reconfortante o sentimento de decepção de uma criança ao se deparar com um(a) irmãozinho(a) bebê. O livro chama-se “Minúscula”, e suas ilustrações, mescladas com desenhos da própria personagem, ampliam o conflito e a surpresa amorosa que a protagonista vivencia no desfecho da história.

Super famoso, não poderia deixar de mencionar “O Monstro das Cores”, escrito e ilustrado pela renomada arte-terapeuta, Anna Llenas. O livro que conquistou o coração de milhares de leitores na Espanha, vendendo mais de 200.000 exemplares e sendo traduzido para 16 idiomas, incentiva as crianças a identificarem e compreenderem diferentes emoções, como alegria, tristeza, raiva, medo e calma, por meio das cores. Uma leitura essencial para o desenvolvimento emocional dos pequenos.

Por fim, amo todos do Todd Parr, autor e ilustrador de livros infantis muito conhecido, principalmente por suas obras com ilustrações simples e vibrantes, acompanhadas de textos acessíveis e inclusivos, que são facilmente compreendidos pelo público infantil. Utilizando-se de temas como aceitação, diversidade, família e amor próprio, ele consegue transmitir mensagens importantes e inspiradoras para crianças de todas as idades. Alguns dos livros mais conhecidos incluem “O Livro da Família”, “Tudo Bem Ser Diferente”, “O Livro dos Sentimentos”, entre outros. 

Você já ouviu falar da rede social que começou como um refúgio para os nerds do cinema e agora se tornou um fenômeno mainstream?

Se você é apaixonado por cinema, é praticamente impossível não conhecer o Letterboxd. Essa plataforma de mídia social, onde os usuários são incentivados a catalogar, avaliar e criticar todos os filmes que assistem, cresceu rapidamente e se estabeleceu como o principal ponto de encontro para os amantes da sétima arte.

De renomados cineastas como Martin Scorsese a talentos emergentes como Sean Baker, de “The Florida Project”, Ayo Edebiri de “The Bear” e Rachel Sennott de “The Idol”, o Letterboxd conquistou uma base de usuários fervorosa. No entanto, não são apenas os entusiastas do cinema e os aficionados que são atraídos por este aplicativo. Desde 2020, o app testemunhou um aumento exponencial no número de membros, disparando de 2 para 12 milhões de usuários. Esse crescimento meteórico se deve, em grande parte, ao cultivo inteligente de sua marca, uma habilidade essencial para se destacar na era atual, onde o conteúdo é abundante.

Um dos elementos centrais dessa estratégia é a série de entrevistas em vídeo, chamada “Four Favorites” (Quatro Favoritos), que é distribuída em diversas plataformas sociais. Nessas entrevistas, geralmente realizadas durante eventos de tapete vermelho, figuras proeminentes do mundo do cinema são questionadas sobre uma questão que instiga medo em muitos: quais são seus quatro filmes favoritos?

Depois me conta se já conhecia, se é usuário ou se nunca tinha nem ouvido falar! 

Um dos mais importantes nomes da arte brasileira contemporânea

A mostra “Lygia Clark: Projeto para um planeta”, na Pina Luz, apresenta o legado de mais de 30 anos de carreira da renomada artista brasileira, comemorando seu centenário através de mais de 150 obras. Entre elas, destaca-se “Projeto para um planeta” (1960), parte da série “Bichos” que dá nome à exposição. Para quem não sabe (o que eu duvido), a mineira Lygia Clark (1920-1988) é uma figura crucial na arte brasileira contemporânea, responsável por expandir linguagens e envolver pessoas de todas as esferas na experiência transformadora da criação artística. A mostra destaca a participação do público desde o início, permitindo o manuseio de réplicas da série “Bichos”. Além disso, apresenta 20 obras originais e trechos de filmes e documentos que revelam suas propostas individuais e colaborativas, complementados pelo filme, “O mundo de Lygia Clark”.

02.03 até 04.08.24

Onde: Pinacoteca – Pina Luz (1º andar) – Praça da Luz, 2, São Paulo

Horário de funcionamento: de quarta a segunda, das 10h às 18h. Quintas-feiras com horário estendido B3 na Pina Luz, das 10h às 20h (gratuito a partir das 18h).

Será que podemos realmente otimizar a intimidade em uma era de informações incessantes?

Recebi simultaneamente de algumas amigas e também encaminhei para outras a palestra da renomada psicoterapeuta, apresentadora de podcast e autora, Esther Perel, realizada no Festival SXSW 2024. O tema? ‘A outra IA: Intimidade Artificial’, e posso garantir que é uma imperdível reflexão! Perel discute como temos recorrido cada vez mais às tecnologias preditivas em busca de orientação, ferramentas que nos bombardeiam com sugestões sobre o que comprar, com quem sair, onde buscar apoio e muito mais, levando-nos a crer que temos controle sobre um mundo que, na verdade, é caótico. Aqui, ela levanta questões cruciais sobre o impacto dessa dependência em nossos relacionamentos. Como nossa busca pela certeza afeta nossas expectativas em relação aos outros? Será que nossa obsessão por “saber tudo” pode, na verdade, nos deixar menos preparados para lidar com as incertezas e imperfeições da vida, especialmente quando se trata de amor e conexão?

Limitações do mercado literário: o enfoque na adversidade negra

Amazon Prime Video

Ficção Americana“, dirigido por Cord Jefferson, é baseado no livro “Erasure”, publicado em 2001 pelo escritor Percival Everett, que busca expor o racismo e a hipocrisia do mercado editorial americano e, em certo ponto, até mesmo da indústria cinematográfica hollywoodiana. A história segue Thelonious “Monk” Ellison, um autor negro cujas obras são consideradas fora do padrão. Desafiando as expectativas, “Monk” decide escrever um livro repleto de estereótipos sobre a experiência afro-americana, levando-o a uma inesperada e controversa ascensão ao sucesso. O filme recebeu várias indicações ao Oscar deste ano e destaca-se pelas performances de Jeffrey Wright e Sterling K. Brown. Ah, a trilha sonora é excelente! 

Do mar ao bar: uma experiência gastronômica despretensiosa 

Durante a pandemia, o Notorious Fish surgiu com foco no delivery, ganhando rapidamente uma legião de fãs, principalmente por causa do famoso Choripolvo – sanduíche com tentáculo de polvo na chapa, chimichurri e aïoli na baguete francesa. Já outro sucesso da casa é The Notorious Filet’O’Fish – sanduíche com polaca selvagem do Alaska empanada, queijo cheddar e molho tártaro no pão de ovo. Depois de 100 mil pedidos entregues, os sócios decidiram abrir um ponto físico e adivinha onde? Se você pensou Baixo Pinheiros, acertou! O espaço oferece um ambiente acolhedor, com um terraço coberto, bar e um salão com cozinha aberta. O menu segue descomplicado e não menos saboroso, com opções criativas como o Siri Burguer e o Tuna Sandwich, além de novidades como o Lobster Roll e o Tuna Burger. Na hora do petisco, dá pra se deliciar com o Torresmo de Lula e a Pipoca de Camarão – uma espécie de shrimp tempura! 

Onde: Rua Padre Carvalho, 123, Pinheiros 

Toda grande festa precisa de uma grande trilha sonora!

Ina Rosenberg Garten é uma cozinheira e autora de televisão americana. Apresentadora do programa Barefoot Contessa, da Food Network, ela tem uma página inteira no Spotify dedicada a compartilhar suas músicas favoritas através de playlists incríveis, para quase todos os gostos. No verdadeiro estilo da Ina, todas elas estão repletas de ótimos títulos para cozinhar, namorar, dançar e viajar. Por enquanto, estou curtindo muito a Dinner Party! 

Uma série sobre os defensores de uma liberdade negada por tanto tempo

Disney+ / Hulu

A série Genius da National Geographic voltou, e a nova temporada se concentra nas vidas de duas das figuras mais proeminentes do movimento pelos direitos civis: Martin Luther King e Malcolm X. Intitulada “Genius: MLK/X” e produzida por Damione Macedon e Raphael Jackson Jr., ela vai desde a infância tumultuada até suas mortes prematuras por homicídio, explorando a jornada desses homens excepcionalmente brilhantes e complexos. Embora tenham levado vidas distintas, ambos compartilharam objetivos similares na luta por liberdade. Longe de serem opostos, Malcolm e Martin eram dois lados da mesma moeda, defensores de uma liberdade negada por tanto tempo. Apesar das diferenças, suas trajetórias únicas convergiam em um objetivo comum: a busca pela humanidade na América.

Nunca tão necessário, a exposição te convida a refletir sobre esse capítulo sombrio da história do século 20

Uma nova exposição no Museu da Imagem e do Som de São Paulo, será inaugurada em março, e abordará o Holocausto com foco na vida de Julio Gartner – um polonês radicado no Brasil. Com curadoria de André Sturm, a mostra é dividida em duas partes: a primeira segue a trajetória de Gartner, desde sua adolescência até sua chegada ao Brasil, enquanto a segunda destaca os “Anjos do Holocausto”, incluindo figuras como Oskar Schindler e Aracy de Carvalho. Por meio de cenografia, vídeos, fotografias e sons, a exposição recria locais marcantes desse período, como o gueto de Cracóvia e a câmara de gás em Auschwitz, além de exibir objetos cedidos pelo Museu Memorial do Holocausto dos Estados Unidos. 

Quando: 09.03 até 21.04

Onde: MIS – av. Europa, 158, Jardim Europa, SP

E os namoradinhos, hein? 

Quem nunca teve que encarar essa pergunta numa reunião de família? É sempre aquele festival de fofocas sobre a vida dos outros e novas histórias para levar de brinde. Para você não ter que lidar com isso sozinho, Camila Fremder e Pedro Pacífico se juntaram no podcast “E os namoradinhos?” para comentar as peripécias da audiência envolvendo dramas familiares, relacionamentos e dar seus palpites sobre o que todas as famílias compartilham: histórias para contar.

O surpreendente vínculo que se desenvolve entre uma mulher e um polvo selvagem

Ao que tudo indica, essa é uma recomendação universal. Não importa o que você esteja sentindo ou o que esteja passando, parece que o livro Criaturas Extraordinariamente Brilhantes merece sua atenção – e eu estou louca para lê-lo. Tova, uma viúva de 70 anos com um passado doloroso, trabalha como faxineira em um aquário. A história se passa em uma cidade fictícia no noroeste do Pacífico, onde Van Pelt (a autora) cresceu; Tova desenvolve um vínculo com Marcellus, o polvo gigante do Pacífico, residente no aquário. No decorrer da narrativa, ela confia nele, enquanto reflete sobre seu passado, atormentada pelo desaparecimento de seu filho, décadas atrás, e se preocupa com seu futuro incerto como uma mulher mais velha que vive sozinha. À medida que a conexão entre eles cresce, ela ajuda Marcellus a encontrar um pouco de liberdade, pois ele escapa de seu tanque todas as noites para passear pelo aquário e se alimentar dos habitantes de outras exposições. Até o final do ano, o livro vendeu 1,4 milhão de exemplares – um feito impressionante para uma estreia que apresenta um narrador polvo mal-humorado – além de aparecer no final do ano, na lista de best-sellers de ficção de capa dura do The New York Times. 

Orgulho de pertencer a uma nação que produziu músicos tão talentosos

Globoplay

O documentário “Elis & Tom – Só Tinha de Ser com Você”, sob a direção de Roberto de Oliveira e Jom Tob Azulay, chega ao streaming e já é um programaço! O filme mergulha no processo de gravação do lendário álbum, “Elis & Tom”, lançado em 1974, que deixou uma marca indelével nas carreiras de Elis Regina e Tom Jobim na MPB. Com acesso a registros inéditos de mais de cinco horas de filmagens feitas durante a produção do álbum, realizado em Los Angeles, o documentário apresenta uma experiência imersiva com tratamento de imagem em 4K e aprimoramento de áudio, utilizando tecnologia de inteligência artificial. Além de contextualizar as trajetórias dos artistas até aquele momento, o filme conta com depoimentos de ex-executivos da gravadora Polygram e profissionais envolvidos na gravação, oferecendo insights sobre os desafios enfrentados e a consagração do álbum como uma obra-prima.

O restaurante charmoso da gastronomia mineira reinventada

No charmoso bairro de Santa Tereza, o Birosca S2 se destaca como um oásis gastronômico, comandado pela talentosa chef Bruna Martins. Celebrando uma década de sucesso, o restaurante não só encanta com sua comida mineira única, mas também promove a presença feminina na culinária. Da venda de sanduíches durante os dias de faculdade à participação no programa “Mestre do Sabor”, a jornada de Bruna é uma mistura cativante de paixão pela música e gastronomia. Com uma decoração que remete à nostalgia das casas de vó, o Birosca se tornou um ponto de encontro querido, onde a comida é mais do que uma refeição, é uma experiência. E enquanto o reconhecimento cresce – ele foi incluído na lista dos 100 melhores do Brasil, – Bruna permanece fiel à sua visão de reinventar a culinária mineira, lembrando sempre da jornada árdua e da importância de criar um ambiente inclusivo e respeitoso na cozinha.

Recentemente, o restaurante também foi incluído na lista “50 Best Discovery”, da The World’s 50 Best Restaurants, premiação considerada por muitos como o “Oscar” da gastronomia. 

Onde: Rua Silvianópolis, 483, Santa Tereza, BH

Funcionamento: qua/qui/sex – 18h às 23h / sábado – 12h às 23h / domingo – 12h às 16h.

Desvendando as Maravilhas do Cotidiano

“Peixe Voador” é um podcast que explora os encantos da vida cotidiana, desde reflexões sobre nossas jornadas pessoais até a descoberta de novas ferramentas para navegarmos por ela. Com episódios que abordam temas como música, literatura, vinho, mar e viagens, o podcast recebe o nome desse curioso animal marinho que desafia as águas ao planar sobre elas. Patricia Palumbo, jornalista e navegadora experiente, convida os ouvintes a embarcarem nessa jornada em busca de bons momentos e inspirações. Apenas aperte o play e deixe o “Peixe Voador” tornar o seu dia ainda melhor.

Uma história de amor adequada para todas as gerações

Netflix

Se você é fã de romances, não pode perder a série “One Day”, baseada no romance de sucesso de David Nicholls, lançado em 2009 e adaptado para o cinema em 2011, com Anne Hathaway no papel principal. A minissérie britânica, estrelada por Ambika Mod (This is Going To Hurt) e Leo Woodall (The White Lotus), como Emma e Dexter, narra a história de dois jovens estudantes que passam uma noite juntos após a formatura, mas optam por não se tornarem um casal, mantendo uma amizade enquanto seguem caminhos separados – pelo menos é o que eles pensam. A série acompanha duas décadas de suas vidas entrelaçadas e questiona se essa amizade pode resistir ao teste do tempo.

A combinação ideal entre motocicleta e carro

Vocês sabem, quando me deparo com algo realmente fascinante, não resisto e venho correndo compartilhar com vocês. Então, vamos começar com uma curiosidade que descobri junto a esta empresa incrível. Em média, um carro é ocupado por apenas 1,2 pessoas e percorre apenas 35 km por dia. Isso significa que a maioria dos carros convencionais são grandes demais para 95% do seu uso. Pode parecer trivial, mas o Microlino foi precisamente projetado para se adequar ao uso diário, seja para ir ao trabalho, visitar amigos ou fazer compras. Graças ao seu tamanho compacto, ele pode ser estacionado em espaços pequenos, necessitando apenas de 1/3 do espaço necessário para um carro comum. Com a porta dianteira, você simplesmente sai diretamente para a calçada ao estacionar transversalmente. Criado e concebido por uma empresa suíça que leva o mesmo nome, o Microlino presta uma homenagem ousada ao icônico carro-bolha Isetta da década de 1950, conhecido por sua eficiência de combustível sem precedentes na época. O Isetta original inaugurou uma nova era na propriedade de automóveis, conquistando um público até então negligenciado – um feito que seus criadores aspiram a replicar.

Aumentando a conscientização sobre a vida animal e questões de preservação ambiental

Rio de Janeiro

A exposição “Sentir Mundo – Uma Jornada Imersiva”, no Museu do Amanhã, oferece uma oportunidade única para os visitantes de todas as idades explorarem o mundo através das perspectivas de diferentes espécies. Dividida em três áreas temáticas – o dossel da floresta, o interior do solo e a dança dos insetos – os visitantes são imersos em projeções em alta definição, sons característicos e estímulos olfativos que recriam ambientes naturais.

É possível experimentar o cheiro de cada ecossistema visitado, desde a copa das árvores até o solo úmido da floresta. Além disso, observar os detalhes dos insetos de perto, com superzoom em suas imagens, permitindo uma compreensão mais profunda de suas vidas e percepções do ambiente.

O Museu funciona de terça a domingo, das 10h às 18h, com entrada gratuita às terças-feiras e ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada) nos demais dias. 

Quando: até 02.06.24

A magia da playlist das minhas aulas de pilates 

Tenho frequentado aulas de pilates em um estúdio chamado Heartcore e tenho curtido muito a seleção musical durante as sessões. As músicas desempenham um papel fundamental em me dar aquele impulso extra durante os exercícios, especialmente quando minhas pernas estão começando a falhar. Aí eu resolvi ir atrás do perfil deles no Spotify para ver se eles disponibilizam suas playlists, e não é que encontrei? Então, aqui está o link para que vocês também possam curti-las. 

Entre empanadas e desespero: a jornada interior de Vicente Rosenberg na era do gueto nazista.

“O Gueto Interior“, se passa em Buenos Aires na década de 1940, onde Vicente Rosenberg, um solitário emigrante polonês desde 1928, conduz sua vida como proprietário de uma loja de móveis, casado e pai. Imerso na atmosfera vibrante da metrópole ao sul, ele troca a culinária judaica pelas irresistíveis empanadas, se delicia nos cafés locais e se integra perfeitamente à língua e cultura castelhanas, deixando para trás as práticas religiosas de seus antepassados. Enquanto isso, sua mãe permanece distante em Varsóvia, enviando-lhe cartas esporádicas, que revelam, pouco a pouco, o agravamento da situação com a ascensão do infame gueto nazista, onde a desumanização é a regra do dia. Nesse cenário sombrio, Vicente, que antes pouco refletia sobre sua identidade judaica, confronta a dura realidade de que, em tempos tão cruéis, ser judeu anula todas as outras facetas de sua existência. O peso da culpa, por abandonar sua mãe à própria sorte, por sua própria herança judaica e pela sobrevivência em meio à carnificina nazista, o consome internamente, transformando-o em uma sombra de si mesmo. A mudança é palpável: Vicente torna-se mais silencioso, preferindo o isolamento e falando apenas quando necessário. Esse silêncio ensurdecedor deixa sua família, amigos e colegas atordoados, incapazes de compreender o que se passa com ele, enquanto tal gesto de resignação vai moldar não apenas sua própria vida, mas também o destino de suas gerações futuras. 

Escândalos, fofocas e detalhes íntimos sobre os ricos e poderosos!

Disney+

A nova série de Ryan Murphy, “Feud: Capote vs The Swans”, explora a vida de Truman Capote e suas disputas com mulheres da alta sociedade, conhecidas como seus “cisnes”. Baseada no livro de Laurence Leamer, a série revela como Capote afastou seus amigos poderosos ao escrever sobre suas vidas pessoais em relatos pouco ficcionais. Tom Hollander interpreta Capote, que ganhou fama com romances como “Bonequinha de Luxo” e “A Sangue Frio”. A trama apresenta personagens reais como Babe Paley, interpretada por Naomi Watts, e Slim Keith, interpretada por Diane Lane, destacando a vida extravagante dessas figuras da elite social do século XX.

Tira o glitter da gaveta, coloca aquele lookinho bapho

Carnaval chegando e que tal já entrar no clima? O jornalista e blogueiro, Hugo Gloss, criou a playlist Carnaval 2024, na qual reúne grandes artistas que estão em alta, como Léo Santana, Ivete Sangalo, Anitta, Marina Sena e muito mais, com músicas perfeitas para dançar e cair na folia. 

Uma jornada emocionante através das décadas

Globoplay

 ‘Fim’ é uma adaptação do livro de Fernanda Torres, que também é a mente por trás do roteiro. Combinando humor e drama, a série é uma tragicomédia que mergulha na vida e na inevitabilidade da finitude, seguindo a trajetória de nove protagonistas, amigos do Rio de Janeiro, que experimentam a revolução cultural dos anos 1970 após a crença na ideia de ‘felizes para sempre’. A narrativa abrange as décadas de 1968 a 2012, dividida em quatro fases que exploram juventude, maturidade e velhice. A história começa com a partida de Ciro (Fábio Assunção), um personagem admirado pelo grupo, desencadeando uma jornada repleta de amores, traições, mágoas e alegrias.

Um lugar de convívio, troca e conexão com a comunidade, proporcionando autocuidado e uma pausa de qualidade na rotina agitada da cidade

Hoje, a sugestão está voltada para o autocuidado, não para a cultura!

Recentemente, tive o prazer de conhecer uma das fundadoras do YLLA Care & Beauty, um espaço que proporciona uma experiência completa de beleza e bem-estar. O local, inaugurado em junho de 2023, em Pinheiros, São Paulo, tem como propósito ser uma pausa necessária em meio às rotinas agitadas, indo além dos serviços tradicionais de salão e terapias profundas. Além desses serviços, o YLLA oferece uma linha exclusiva de produtos capilares, faciais e corporais, todos desenvolvidos com tecnologia avançada e consultoria dermatológica.

A gama de serviços inclui manicure, pedicure, coloração, hidratação, maquiagem, bem como massagens relaxantes, shiatsu, modeladora com bambu, pedras quentes, 4 mãos, detox, Abhyanga, reiki e muitos outros. Para Maria Eugênia Previtalli Cais, sócia-fundadora, “a prioridade máxima é o bem-estar dos clientes e a qualidade dos produtos”.

“Cada detalhe, desde a decoração até o atendimento personalizado, visa acolher e embelezar profundamente quem busca o YLLA”, complementa Lígia Luperi, também sócia-fundadora do espaço.

Não deixe de conhecer e depois me conta, tá? 

Onde: R. Ferreira de Araújo, 433 – Pinheiros, São Paulo 

Telefone: +55 11 96642-3957

Vamos de clássico?

Em meio à efervescência gastronômica de São Paulo, aquele que consegue se manter em pé por muito tempo ganha destaque, não é mesmo? E quando o clássico que fechou, reabre? Só alegria!!! 

No final do ano passado, uma das casas mais tradicionais e icônicas da cidade retomou suas atividades após sete anos de portas fechadas. O restaurante Cad’Oro voltou a ocupar o moderno edifício que abriga o hotel homônimo, mantendo viva sua história. Reconhecido desde seus primórdios na Rua Basílio da Gama, o estabelecimento continua a deliciar os paulistanos com receitas típicas do norte da Itália. Alguns pratos, como o bollito misto, um cozido clássico piemontês de carnes e vegetais, permanecem inalterados no cardápio desde a inauguração em 1953. Apesar da renovação do restaurante, a nostalgia se faz presente na decoração de veludo verde, no imponente piano de cauda e nos gueridons (carrinhos de apoio). 

Onde: Rua Augusta, 129, Consolação – São Paulo 

Um papo super interessante com a Silvia Poppovic no videocast F*** My Brain

‘Não somos árvores presas por raízes no solo, nem trens presos aos trilhos. Os caminhos são variados e temos esse poder de escolha.’

Nesta semana, assisti ao episódio do videocast F*** My Brain com a convidada Silvia Poppovic e não podia deixar de compartilhar com vocês, porque achei o papo muito bacana. Fundada por Natália Mestre, Marina Machado e Luciana Chiesa, profissionais com mais de 20 anos de experiência em comunicação, liderança, marketing, branding e negócios, a F*** MyBrain nasceu do questionamento compartilhado sobre como encontrar a felicidade no mundo contemporâneo e explora questões impactantes para a saúde mental em diversas áreas, como trabalho, relacionamentos, comportamento humano e futuro. Neste episódio que me cativou, elas abordam como nossas carreiras se constroem ao longo dos anos, enfatizando a importância de não ficarmos reféns dessa trajetória profissional. Silvia é exemplo vivo da necessidade de nos reinventarmos periodicamente, proporcionando não apenas novas oportunidades, mas também benefícios para nossa saúde física e mental.

Um dos melhores romances brasileiros

Na trama envolvente de ‘Angústia’, de Graciliano Ramos, a vida monótona de Luís da Silva, um funcionário público solitário, toma um rumo inesperado com a chegada da bela vizinha, Marina. Seus planos de um futuro promissor, incluindo casamento e felicidade a dois, desvanecem rapidamente, deixando Silva imerso em desilusão e desespero. A nova edição da obra, lançada pela Todavia, marca o início da Coleção Graciliano Ramos, com extras que incluem rodapés de jornal, escritos por Antonio Candido, e detalhes das diferentes edições do autor. Este romance, lançado em 1936, durante a prisão de Graciliano pelo Estado Novo, revela uma narrativa crítica e intrigante, alternando entre fluxo de consciência e uma prosa seca. As reflexões nostálgicas do protagonista pelas ruas de Maceió, afetadas pelos desabamentos da Braskem, tornam a leitura ainda mais impactante.

Um tributo adequado a um estilista incrível!

Disney+

Uma série biográfica que mostra a vida da figura engenhosa e influente da moda, Cristóbal Balenciaga, enfatizando sua devoção ao trabalho artesanal e seu papel como “O Mestre” da moda em meados do século XX. A narrativa, apresentada como um relato para a jornalista Prudence Glynn, explora os anos do estilista em Paris, incluindo os desafios enfrentados durante a ocupação nazista como um homossexual assumido. Apesar das perdas pessoais e globais, Balenciaga acredita na importância de sua arte, retratando seu compromisso de tornar o mundo mais bonito por meio de seu trabalho de alta costura. A série usa uma iluminação sensual e um trabalho de câmera inteligente para destacar os detalhes da época e a alta costura requintada, oferecendo um tributo adequado ao renomado artesão. O contraste entre a visão artística de Balenciaga e o uso comercializado de seu nome na moda contemporânea também é explorado, enfatizando a evolução do setor.

Descubra como aprimorar sua jornada para se tornar um ser humano melhor

Enquanto as palestras TED Talks são conhecidas por sua inspiração e motivação, o podcast “How To Be A Better Human” oferece uma abordagem mais aprofundada. Sob a orientação do comediante Chris Duffy, o programa explora diversos tópicos de autoaperfeiçoamento e mudanças de mentalidade para promover o desenvolvimento pessoal. Cada episódio apresenta um convidado diferente, incluindo palestrantes renomados do TED, fornecendo conselhos valiosos sobre como aprimorar não apenas a mente, mas também o corpo.

“Arrastado” do mar para Santa Cecília

O Muli foi inaugurado no final de novembro e já agita ainda mais o bairro de Santa Cecília em SP. O slogan “arrastado” do mar para Santa Cecília é desvendado através do cardápio diversificado, que busca fundir influências culinárias de diferentes partes do mundo em uma experiência culinária emocionante. A especialidade da casa são os frutos do mar, apresentando pratos que capturam a essência de diferentes tradições.

As ostras são um dos destaques incontestáveis do restaurante, oferecidas em porções de trio ou meia dúzia, proporcionando uma experiência sem igual para os apreciadores. Já como carro-chefe estão os pratos com moluscos bivalves, evidenciados pela presença de uma concha no logotipo do estabelecimento.

Onde: R. Martim Francisco, 482 – Vila Buarque, São Paulo 

Uma imersão na rica tradição do chá japonês

A exposição “Nihoncha: Introdução ao chá japonês” na Japan House São Paulo é uma celebração fascinante do amor dedicado pelos japoneses ao seu ritual do chá. Ao adentrar nesse universo encantador, a mostra revela não apenas as diferentes variedades de folhas, mas também mergulha profundamente no significado cultural do chadō, a cerimônia do chá japonesa. Desde as técnicas tradicionais até a moderna abordagem para incorporar o chá no cotidiano, a exposição oferece uma experiência sensorial completa. Além disso, apresenta os utensílios meticulosamente utilizados para apreciar essa bebida refinada. Ao explorar essa exposição, você é convidado a imergir nessa rica tradição, compreendendo a delicadeza por trás de cada preparo e aprofundando seu apreço por essa arte que transcende o simples ato de beber chá.

Até 07.04.2024

Entrada gratuita

Evite filas e programe o seu passeio Agendamento online antecipado (opcional)

O extraordinário poder do drama na TV para criar mudanças

ITV

“Mr. Bates v. The Post Office” destaca um dos maiores erros judiciais na história do Reino Unido e alcançou mais de 10 milhões de espectadores desde sua estreia. Toby Jones, conhecido por seus papéis em “Indiana Jones” e “The Long Shadow”, interpreta Alan Bates, o subpostmaster responsável por uma pequena agência dos correios local. Ele e mais de 900 outros perderam seus contratos com a empresa Postal Office entre 1999 e 2015. Acusações de fraude, roubo e outros crimes levaram esses trabalhadores a enfrentarem processos judiciais (embora não o próprio Bates), mas, na verdade, tudo foi desencadeado por um software de contabilidade defeituoso chamado Horizon. Com pouca justiça concedida aos condenados, a série retrata Bates unindo um grupo de pessoas afetadas para liderar uma campanha, buscando o reconhecimento do escândalo e a anulação das condenações.

Intensidade emocional e a autenticidade atemporal do Electric Blues 

Esta playlist de Electric Blues é uma viagem emocionante através dos sons vibrantes e enérgicos que definem esse gênero musical único. Desde os riffs poderosos de guitarras até os solos ferventes e as harmonias vocais, cada faixa desta seleção captura a essência do Electric Blues de maneira inigualável. Repleta de artistas lendários como Muddy Waters e B.B. King que continuam mantendo viva a chama do blues elétrico, essa playlist é um mergulho profundo nas raízes e na evolução desse estilo. 

Uma narrativa intensamente impactante, permeada por uma profunda sensibilidade

Uma antropóloga francesa sobrevive a um brutal ataque de urso em Kamchatka. Após passar por extensas cirurgias reconstrutivas na Rússia e na França, ela descobre uma profunda conexão com o urso e sente a necessidade de retornar. Embora esse seja o resumo conciso, ‘Escute As Feras’ é uma história verdadeira, contada através de vários flashbacks e é extraordinariamente envolvente. Como antropóloga, Nastassja Martin estudou o animismo, um conceito até então desconhecido para ela, que envolve todas as formas identificáveis da natureza que possuem uma alma e agem intencionalmente. Ela se torna uma miêdka – alguém que carrega parte de um urso consigo. O relato detalha sua experiência de vida após o acidente, explorando as complexidades dessa vivência. A narrativa também explora os caminhos que a conduziram a esse encontro singular.

O legado das Lavanderias Magdalene

Showtime / BBC

A Netflix e a Amazon podem ser gigantes no mundo da TV, mas a BBC ainda sabe muito bem como criar grandes dramas. Prova disso é a série “The Woman in the Wall”, estrelada por Ruth Wilson, que aborda as Magdalene Laundries, instituições na Irlanda do século 18 até o final do século 20, que abrigavam “mulheres caídas”. A trama se passa em um vilarejo fictício irlandês e segue a personagem de Ruth, Lorna Brady, que foi encarcerada em uma dessas instituições aos 15 anos. Agora adulta e livre, Lorna enfrenta problemas de saúde mental e, ao acordar em casa, descobre uma mulher morta, sem memória de como chegou lá ou da identidade da vítima. A série destaca a controvérsia em torno das Magdalene Laundries e a difícil jornada de Lorna.

Entrando no mundo inventivo do visionário Questlove

Ahmir K. Thompson, mais conhecido como Questlove, exala uma energia inesgotável, de acordo com o NYT, e claro, seu CV. Ele atua como produtor, apresentador de podcast, diretor (vencedor do Oscar), autor, DJ e baterista da banda de hip-hop, The Roots. Mas além de suas proezas artísticas, o músico multifacetado também é reconhecido por suas playlists inventivas. Inicialmente criadas para um líder mundial não especificado, essas listas se expandiram para atender a cerca de 400 pessoas, incluindo os Obamas. Para a ex-primeira-dama, ele desenvolveu uma trilha sonora épica em três volumes chamada “Michelle Obama’s Musiaqualogy”, que embalou sua turnê de livro em 2018. Como parte do Desafio de Energia de 6 dias do NYT, Questlove gentilmente aceitou criar uma playlist exclusiva, evidenciando seu cuidado meticuloso e vasto conhecimento musical. Com mais de 200.000 discos em sua coleção, ele se destaca como um verdadeiro “curador do povo”, abrangendo diversos gêneros musicais.

Sexo, obsessão, desigualdade social e poder!

Prime Video


Saltburn é o segundo filme da diretora britânica Emerald Fennell, que, logo em sua estreia em Hollywood, recebeu cinco indicações ao Oscar por “Bela Vingança” (2020). Sendo uma fusão de thriller psicológico e comédia ácida, o longa tem provocado bastante burburinho e controvérsias… A história se desenrola em torno de Oliver Quick (Barry Keoghan), um aparentemente modesto estudante da Universidade de Oxford, que se envolve no círculo social e familiar de Felix Catton (Jacob Elordi), um jovem rico e excêntrico. No desenrolar dos fatos, Oliver vai se mostrando obcecado pelo colega e o que, inicialmente, parecia ser uma improvável amizade entre dois rapazes de diferentes classes sociais, rapidamente se transforma em uma intrincada trama de mentiras, manipulação e assassinato. 

O bar que une as culinárias japonesa e coreana

Fábio Moon, anteriormente associado ao Jurassic Park Burger, uniu-se a Fernando Kuroda, ex-lutador de sumô do Izakaya Kuroda, para lançar o renomado KuroMon, no Paraíso (SP). Desde a inauguração, em julho, o izakaya tem sido um sucesso, com reservas esgotadas e a presença de renomados chefs, como: Oscar Bosch, Benny Novak e Marcelo Correa Bastos, consolidando sua reputação como um ponto de encontro prestigiado na cena gastronômica. 

O cardápio, que combina receitas coreanas e japonesas, conquistou a clientela, que já elegeu favoritos, como a língua bovina recheada de kimchi e os espetinhos grelhados de barriga suína com queijo, shissô e ameixa japonesa. Adorei o saboroso ebi toast, um mini-hambúrguer de camarão ao molho sweet chili servido sobre pão de alho.

Onde: R. Teixeira da Silva, 596, Paraíso – São Paulo

Férias escolares e não sabe onde ir com a criançada? Calma, seus problemas acabaram!

Todos os pais provavelmente querem a mesma coisa durante as férias escolares de seus filhos: criar um equilíbrio entre entretenimento e aprendizado, proporcionando um verão memorável e enriquecedor para as crianças. Bom, sabemos que durante este período, é fundamental planejar programas envolventes e educativos, mas nem sempre é fácil saber onde encontrá-los… Por isso, selecionamos 3 dicas que prometem experiências estimulantes, despertando a curiosidade e garantindo um aprendizado divertido!

Dá só uma olhada: 

Museu da Imaginação: foi criado em 2017 com a proposta de se tornar um espaço cultural que integra arte, ciência e tecnologia, buscando promover a aprendizagem de maneira lúdica por meio de exposições totalmente interativas e instalações imersivas.

Na Floresta: compreendendo a intrínseca conexão entre a natureza e a vida humana, e reconhecendo a crescente relevância e benefícios dessa relação nos dias atuais, o projeto oferece uma experiência infantil de descoberta, visando despertar interesse, superar receios e fomentar a aprendizagem sobre o meio ambiente de forma lúdica, interativa e segura – tudo no objetivo de redefinir a conexão urbana com a natureza!

Biblioteca Monteiro Lobato: é um tesouro literário e um espaço cultural vibrante, que oferece um extenso acervo de livros, abrangendo desde clássicos da literatura nacional, até obras contemporâneas. Além do vasto repertório, ela também desempenha um papel vital na promoção da leitura e educação, oferecendo programas interativos, eventos culturais e atividades para todas as idades. Com um ambiente acolhedor e equipes dedicadas, é ideal para dias chuvosos, sendo um espaço inspirador para explorar o mundo da literatura e do conhecimento.

Reinvenção e disciplina: a jornada de Nizan Guanaes contra vícios e a busca pelo equilíbrio

Cerca de 15 anos atrás, o publicitário Nizan Guanaes se viu obrigado a se reinventar – inicialmente, para enfrentar uma crise. Uma cirurgia bariátrica mal planejada resultou em um vício em álcool que, em 2009, já estava fora de controle. Neste episódio do The Business of Life, Guanaes compartilha como a disciplina desempenhou um papel crucial em sua sobrevivência, sendo também fundamental para superar outro vício: a incessante busca pelo sucesso. Na entrevista, ele alerta sobre os perigos do sucesso, ressaltando a importância de elementos como esporte, família e alimentação para manter o equilíbrio e controle. O publicitário ainda revela os bastidores de uma carreira premiada e singular, além de discutir as motivações que o impulsionam hoje. 

O que é realmente “normal” quando se trata de saúde?

No cenário atual, marcado pelo aumento das doenças físicas e mentais, surge a indagação sobre o que realmente é considerado “normal” quando se trata de saúde. Gabor Maté, um médico renomado com quatro décadas de experiência clínica, desafia o conceito convencional de normalidade na medicina ao lado de seu filho, Daniel Maté. Ele argumenta que a abordagem tradicional negligencia fatores cruciais, como o impacto do trauma, estresse e pressões diárias sobre o corpo e a mente. Mesmo em meio à avançada tecnologia médica, persistimos em tratar os indivíduos de forma fragmentada, ignorando como nosso estilo de vida contemporâneo sobrecarrega o sistema imunológico e afeta o equilíbrio emocional. Gabor, de maneira única, explora os mitos prevalentes sobre a origem das doenças e a natureza dos vícios no livro O Mito do Normal, revelando conexões surpreendentes entre o sofrimento individual e o papel da sociedade no adoecimento coletivo.

Uma série documental baseada em um experimento de Stanford

Netflix

Quatro duplas de gêmeos idênticos participam de um experimento científico inovador, liderado pelo cientista nutricional, Christopher Gardner, adotando distintas dietas e estilos de vida por oito semanas, a fim de investigar os efeitos dos alimentos no corpo. Esse é o propósito da série documental Você é o que Você Come: Uma Experiência com Gêmeos, produzida pela equipe de “The Game Changers” – filme de 2018 que destacou atletas adeptos de dietas baseadas em plantas. A análise é direcionada especialmente entre aqueles que consomem carne e laticínios versus aqueles que optam por uma abordagem exclusivamente à base de plantas. Super interessante!

Transforme seu Natal em uma experiência ainda mais animada

Aqui vai uma playlist para deixar o Natal ainda melhor! Repleta de músicas alegres e envolventes, ela cria o ambiente perfeito para celebrar e compartilhar momentos preciosos com amigos e familiares. Desde clássicos natalinos que evocam nostalgia, até faixas mais contemporâneas que adicionam um toque moderno, cada canção vai harmonizar com o espírito festivo da ocasião!

Coaches do amor!

Netflix

Na era digital, a busca pela alma gêmea muitas vezes se volta para a Internet, e é nesse cenário que Jeff e Shaleia emergem como líderes do Twin Flames Universe, oferecendo cursos online que prometem uma conexão harmoniosa com o parceiro ideal. Escaping Twin Flames é uma série documental dividida em três partes e produzida pelos cineastas nomeados ao Emmy por “Seduced: Inside the NXIVM Cult,” cujo objetivo é destacar o controverso Universo das Chamas Gêmeas. O documentário alega a existência de facetas mais obscuras nessa comunidade, acusando-a de perseguir pessoas em busca de amor através de práticas perturbadoras, como incentivar comportamentos de perseguição e manipular identidades de gênero. Com depoimentos exclusivos de ex-membros, a produção desvenda histórias sombrias de manipulação e coerção, além de destacar os esforços das famílias em tentativas de resgatar seus entes queridos do domínio do Twin Flames.

A chef Manu Ferraz traz à nossa mesa uma comida afetiva

A trajetória de A Baianeira teve início em 2014, mas sua origem remonta à infância de Manuelle, natural de Almenara, no Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, em uma família de cozinheiras. 

A busca pela felicidade a conduziu à gastronomia, abandonando a advocacia. Após especializar-se em Nova York, Manuelle – cozinheira por vocação – estudou Gastronomia no Senac e trabalhou no renomado restaurante D.O.M., de Alex Atala. Seu primeiro empreendimento, Quem Quer Pão, evoluiu para A Baianeira, uma homenagem à sua identidade, construída pela culinária mineira e baiana. O sobradinho na Barra Funda, famoso pelo PF e pães de queijo inusitados, foi o embrião da primeira unidade. A cozinheira, mantendo suas raízes sertanejas, trouxe essas influências para a unidade no MASP, onde buscou integrar arte e artesanato no sabor e na decoração. 

Onde: Barra Funda – R. Dona Elisa, 117; MASP – Av. Paulista, 1578

Exposição gratuita traz esculturas hiper-realistas de forma inédita para SP

A exposição Hiper-realismo no Brasil, do renomado artista plástico Giovani Caramello, traz, pela primeira vez, para São Paulo uma série de esculturas hiper-realistas. 

Com curadoria de Ícaro Ferraz Vidal Júnior, a mostra apresenta dez obras impressionantes que destacam a expressividade e diversidade de materiais utilizados ao longo da carreira do artista. Esculturas em silicone, reproduzindo figuras humanas com notável precisão de detalhes, e peças mais recentes em bronze, a obra de Caramello transcende o espetáculo do hiper-realismo, explorando a ideia de que nós próprios somos construções. Com uma linguagem fascinante, as esculturas provocam reflexões sobre a fragilidade humana e a impermanência da vida, criadas de forma paradoxal por mãos humanas. 

Quando: de 08/12/23 a 18/02/24

Onde: CAIXA Cultural São Paulo (Praça da Sé, 111 – Centro); 

Horários: de terça a sábado das 10h às 20h, e aos domingos e feriados das 10h às 19h; a visitação é gratuita

Sobre o maior processo criminal de aborto do Brasil

Em 2007, uma reportagem revelou as atividades clandestinas da Clínica Planejamento Familiar, onde abortos foram realizados secretamente ao longo de duas décadas em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Esse evento marcou o início de uma investigação que expôs informações de 10 mil mulheres, configurando-se como o maior processo criminal relacionado a aborto no Brasil. A série Caso das 10 Mil, dividida em seis episódios e narrada pelas jornalistas da Folha, Angela Boldrini e Carolina Moraes, compartilha aspectos da vida das milhares de pacientes envolvidas, explorando como o pacto silencioso entre uma médica e a cidade foi quebrado, transformando o aborto em uma contenda política que perdura até os dias atuais. 

Uma história emocionante sobre solidariedade e processo de cura

Best-seller na Coreia do Sul, A Inconveniente Loja de Conveniência, de Kim Ho-yeon, é um romance que explora segundas chances e a descoberta de soluções para problemas aparentemente insolúveis que podem estar mais próximos do que imaginamos. Dok-go reside na Estação Seul, onde sua rotina consiste em contemplar a mesma loja de conveniência todos os dias. Apesar de não possuir lembranças de seu passado, ele anseia por uma dose de soju. Sua vida toma um rumo inesperado quando encontra uma bolsinha contendo documentos e uma carteira, que pertencem à senhora Yeom, uma professora aposentada, a qual, por um golpe do destino, recupera seus pertences graças a uma ligação providencial. Em agradecimento, ela convida Dok-go para se alimentar em sua loja de conveniência, até que uma série de eventos conduz este sujeito a salvar o estabelecimento de um assalto, levando a senhora a oferecer-lhe um emprego no turno da noite. A história se desenrola com surpresas, enquanto Dok-go conquista a confiança e o coração das pessoas ao seu redor – apesar das desconfianças dos funcionários. O filho de Yeom, no entanto, com outros planos para a loja, contrata um detetive para desvendar os segredos que Dok-go tenta esquecer. O romance é aclamado por sua representação realista e inspiradora da relação de Dok-go com os clientes, resolvendo seus problemas e aspirações ao longo das páginas, conforme destacado pelo The Korea Times.

Um baile sobre a beleza e a imperfeição da vida a dois

Netflix

Estrelado, produzido e dirigido por Bradley Cooper, com contribuições de Steven Spielberg e Martin Scorsese na produção, o filme Maestro narra a história de amor genuína e complexa entre o icônico compositor, Leonard Bernstein, e sua esposa, Felicia Montealegre. A trama transita habilmente entre a estética do preto e branco e as cores vibrantes de uma vida presente, radiante e suave, embora marcada pelo eterno lamento da saudade. A cinebiografia não se concentra apenas na música, apesar de sua ressonância constante em nossos sentidos; mas também numa narrativa de amor. Um amor imperfeito, exigente e complexo, mas, ainda assim, autêntico, honesto e duradouro. Destaque especial para a excepcional atuação de Cooper, digna de Oscar.

Conheça o mundo do Mágico de Oz na música Pop

Eduardo Lemos é jornalista musical, curador de playlists para empresas e cofundador da gravadora Pequeno Imprevisto. Ele também é o criador da newsletter Distante, na qual escreve sobre música e imigração. Amei as suas playlists, vale a pena navegar e se perder por elas. Por aqui, deixo essa em especial, que tenho escutado e adorado

A nova startup de Michelle Obama quer mudar a cultura de lanches das crianças

Michelle Obama, conhecida por sua defesa de alimentos mais saudáveis para crianças, recentemente, se tornou a co-fundadora da Plezi Nutrition, uma startup que tem como objetivo trazer alternativas mais saudáveis para o setor de alimentos. 

A empresa se concentra na produção de bebidas com mais fibras e nutrientes, sem adição de açúcar e com embalagens coloridas projetadas para atrair as crianças. Em uma entrevista, Obama fala sobre sua motivação, enfatizando a necessidade de inovação mais rápida no setor de alimentos saudáveis e o impacto das grandes empresas de alimentos que priorizam o lucro em detrimento da saúde. Ela ainda destaca a importância de oferecer aos pais opções confiáveis e convenientes, abordando os desafios de fazer com que os pequenos se alimentem de forma saudável e o papel social dos lanches e bebidas na vida de uma criança. O objetivo da empresa não é apenas criar produtos melhores, mas também servir como uma plataforma educacional e contribuir para o movimento mais amplo de promoção da saúde das crianças. Por meio de parcerias e doações, a Plezi Nutrition pretende inspirar outras empresas a priorizar o benefício público em detrimento do lucro, promovendo a concorrência que leva a opções mais saudáveis e econômicas no mercado.

Uma análise detalhada de um momento crucial na história da música

Apple TV+

Estreou essa semana a série documental dividida em três partes, John Lennon: Murder Without A Trial. Narrada por Kiefer Sutherland, a série investiga a vida e o assassinato do icônico músico em 1980, explorando a investigação e a condenação de seu assassino, Mark David Chapman. Pela primeira vez, figuras importantes da vida e da morte de Lennon – incluindo amigos, médicos e investigadores – compartilham memórias pessoais e revelam o que aconteceu na noite de seu assassinato. A série documental apresenta entrevistas exclusivas com testemunhas oculares, fotos inéditas da cena do crime e uma extensa pesquisa, lançando uma nova luz sobre o trágico evento. 

Ninguém resiste a um pão de queijo bem quentinho…

Quando eu penso em Minas Gerais, me vem pão de queijo na cabeça…ahh como eu amo! Por isso, não acredito que até hoje eu não fiz uma seleção de lugares em BH para comer um bom pãozinho de queijo. Se você tiver outra sugestão, não hesite em dividir com a gente e não se esqueça de salvar as dicas para tê-las na mão quando precisar! 

A Pão de Queijaria visa fazê-los de forma artesanal, com queijo de leite cru, de pequeno produtor. Eles oferecem pão de queijo da Canastra, Salitre e Serro! 

Comercial Sabiá serve o famoso pão de queijo com lombo de porco e é considerado parada obrigatória no Mercado Central. Aproveite para tomar um cafezinho típico mineiro. 

Café Dois Irmãos é outro clássico do Mercado Central. A casa serve deliciosos pães e biscoitos de queijo desde 1985, junto de sua tradicional broa de fubá e, claro, um cafezinho.

Café Nice funciona desde 1939 e, por muitos, é considerado a cafeteria mais tradicional da cidade. Uma parada obrigatória para quem quer fazer um lanche — e, de quebra, aprender sobre a história da capital.

Uma jornada de descobertas

Tech Fusion é um podcast que mergulha na convergência entre tecnologia e criatividade, examinando de que forma a tecnologia está revolucionando o panorama criativo e expandindo seus horizontes de maneiras inovadoras e estimulantes. Nele, Camila Yahn, Giovanna Casimiro e Joy Pires analisam também o impacto da tecnologia na sociedade, nas considerações éticas e no futuro do trabalho. Tem um episódio em que entrevistam Andrea Parker, a fundadora da marca Pangaia.

Uma investigação profunda na indústria da morte

Autobiografia / Jornalismo literário

Embora a morte seja uma presença constante, muitas vezes evitamos discuti-la. A jornalista Hayley Campbell explora a vida daqueles que encontram seu sustento trabalhando com os falecidos: agentes funerários, detetives, limpadores de cenas de crimes, embalsamadores e carrascos. “Por que alguém escolheria essa profissão? Como isso influencia a pessoa? E será que perdemos algo crucial ao manter a morte na sombra? All the Living and the Dead, uma obra impressionante de crítica cultural, combina reportagem, memórias, história e filosofia para proporcionar aos leitores uma visão cativante da psicologia da morte ocidental.”

Uma tensão entre duas protagonistas!

Netflix

May December apresenta Natalie Portman, como Elizabeth Berry, e Julianne Moore, como Gracie Atherton-Yu. A história gira em torno do romance de décadas atrás, de Gracie com Joe, um garoto de 13 anos, que levou a um escândalo nos tabloides. No presente, o par romântico é casado e tem filhos, e Joe está lidando com a perspectiva de ser um pai com o ninho vazio aos 36 anos. Elizabeth Berry, uma peso-pesado de Hollywood que pretende retratar Gracie em um filme, chega à casa deles com o objetivo de entender a dinâmica familiar intimamente. À medida que ela se aprofunda em sua história para obter uma atuação autêntica, a investigação de Elizabeth desencadeia uma crise em toda a família, forçando cada personagem a confrontar e processar seu passado, o que leva a um desdobramento gradual de suas vidas. 

Prepare a mesa com essa playlist para o Dia de Ação de Graças

Para os que estão se preparando para o feriado mais importante dos EUA, aqui está uma playlist repleta de músicas que evocam sentimentos de gratidão, família e, é claro, comida. Quer você esteja preparando um banquete, viajando ou vivenciando um Dia de Ação de Graças não convencional, o mix inclui uma mistura de antigos favoritos e novos clássicos de vários gêneros. 

O retorno de TMS, uma mistura de drama, sátira e entretenimento

Para quem ainda não está sabendo, a terceira temporada de The Morning Show já estreou e te garanto que ela começa com uma mudança dramática, já que os personagens se envolvem em um empreendimento no espaço sideral, liderado pelo bilionário Paul Marks. Ambientada dois anos após a segunda temporada e o início da pandemia, a série acompanha a equipe do TMS em seus novos desafios na Terra. Bradley Jackson foi transferida para o noticiário noturno, Alex Levy divide seu tempo entre o “The Morning Show” e o “Alex Unfiltered”, e novos personagens são apresentados. A morte de Mitch Kessler proporciona um espaço em branco para a série, permitindo que ela aborde a desigualdade no local de trabalho, especialmente a discriminação racial.

Novidades e destaques na cena gastronômica da capital paranaense

Curitiba

Recentemente, a abertura de novos estabelecimentos, a revitalização de menus e a expansão dos negócios por parte dos chefs agitaram o cenário culinário de Curitiba. Vamos às novidades?

Bar Otelo, nova casa retrô no Centro da cidade, com essência dos botecos tradicionais no maior estilo carioca. Celebrando todas as características desses antigos botecos, o Otelo se orgulha de sua simplicidade, oferecendo petiscos, aperitivos, pratos feitos, chope Brahma, coquetéis variados e, é claro, muito burburinho das conversas que ali rolam. 

O Mango Curitiba é uma combinação de restaurante e bar de drinks diversificados. A arquitetura imersiva, criada por Tony Reis, é um dos pontos atrativos. Ynaê Cantu, sócia do empreendimento, destaca que cada detalhe foi pensado para proporcionar uma experiência inesquecível em um ambiente tropical, com a decoração visando transportar os clientes para uma floresta no meio de Curitiba.

Não é novidade, mas vale o destaque. Recentemente, Manu Buffara, do Manu, em Curitiba, foi a brasileira que mais subiu de posição na lista do The Best Chef Awards. Sua cozinha autoral, delicada e fresca, baseada em produtos da estação, combinada com seu comprometimento social e ambiental, colocou Curitiba no cenário gastronômico brasileiro. Portanto, se você ainda não conhece: vá!

Aflorando a criatividade no Festival Criativo

A 2ª edição do Festival Criativo, promovido pela Fair&Sale, Feira das Ideias e Mixtura Criativa, acontece neste fim de semana no Pacubra, no Parque Ibirapuera. 

Adiado anteriormente devido à previsão de chuvas, o evento reúne aproximadamente 150 expositores e atrações para todas as idades, e tem como objetivo proporcionar momentos especiais para toda a família, além de impulsionar os negócios de pequenos empreendedores, apresentando marcas autorais de diversos segmentos, incluindo moda, artes, kids, jardinagem, decoração e autocuidado. 

A estrutura do festival inclui bares com drinks, área gastronômica com muitas opções gostosas, programação cultural com oficinas manuais gratuitas, live painting e pocket shows. O evento também oferece espaços dedicados às crianças e aos animais de estimação.

Quando: 25 e 26/11

Horário: sábado, das 10h às 19h; domingo, das 10h às 18h

Onde: Pacubra (Pavilhão das Culturas Brasileiras), Parque Ibirapuera (Portão 10) – Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Vila Mariana (SP); entrada gratuita e pet friendly

Um programa sobre o que vestimos

Em Articles of Interest: American Ivy, o escritor, produtor e apresentador, Avery Trufelman, explora a popularidade duradoura de itens de vestuário clássicos, como camisas de botão oxford, suéteres volumosos e calças de algodão engomadas nos últimos cinquenta anos. Trufelman investiga a história desses itens básicos do guarda-roupa, traçando suas origens desde o campus de Princeton, antes da Segunda Guerra Mundial, até o Japão da era Meiji e as manifestações pelos direitos civis da década de 1960. A série de sete partes é fascinante e meticulosamente pesquisada, com a paixão e a energia de Trufelman entrelaçando questões de raça, sexo e classe.

Um romance original e divertido 

Big Swiss é um romance bem-humorado, centrado em Greta, uma transcritora de um terapeuta sexual. Greta se apaixona por uma cliente conhecida como Big Swiss, uma mulher casada e reprimida. A história se desenrola quando Greta acidentalmente conhece Big Swiss na vida real, o que leva a um caso explosivo. Ambientado em uma antiga casa de fazenda holandesa em Hudson, Nova York, o romance explora suas histórias complexas e o contraste de suas abordagens ao sofrimento. Greta, torturada por seu passado, apresenta-se com um nome falso e, apesar de Big Swiss desconhecer a verdadeira identidade de Greta, elas formam uma conexão profunda. A narrativa aborda temas como infidelidade, saúde mental, estereótipos sexuais e muito mais, oferecendo uma história de amor ousada e estranha. Ah, e se você gosta de ler o livro antes dele parar na TV, corre, porque a história, em breve, será transformada em uma série da HBO, estrelada por Jodie Comer. 

A verdadeira história de um herói dos direitos civis

O filme biográfico Rustin, produzido por Barack e Michelle Obama, conta a história de Bayard Rustin, um ativista e organizador intimamente ligado a Martin Luther King Jr. Embora Rustin tenha trabalhado durante décadas para promover as causas da igualdade racial e dos direitos dos homossexuais, o filme se concentra em um período relativamente curto de sua vida: os meses que ele passou organizando a Marcha sobre Washington por Empregos e Liberdade, em 1963 – uma “reunião de massa sem precedentes” na capital. O filme explora os desafios que ele enfrentou, inclusive as tensões relacionadas à sua franqueza como homem gay. Ah e o elenco só tem gente talentosa! 

Conversas engraçadas, tocantes e pessoais 

Julia Louis-Dreyfus está em busca de entender por que mulheres mais velhas não recebem a atenção que merecem. Para isso, ela se senta com figuras notáveis, como Jane Fonda, Carol Burnett, Amy Tan, Diane von Furstenberg, Isabel Allende, Fran Lebowitz e outras, visando aprender sobre como viver uma vida plena e significativa. Achei uma delícia de ouvir! Portanto, junte-se a atriz, detentora do maior número de prêmios Emmy, em seu primeiro podcast, Wiser Than Me, onde, a cada semana, ela conduz conversas engraçadas, tocantes e pessoais com mulheres inesquecíveis que sempre se mostram mais espertas que ela! 

Uma série não convencional

Paramount+

The Curse, estrelada por Emma Stone e criada por Fielder e Safdie, conta a história de Whitney e Asher, um casal que comanda um programa de reforma e decoração, algo como o “Lata Velha” deles, até que a trama toma um rumo inusitado quando o produtor decide dar uma nota de US$ 100 a uma criança durante as gravações. Todavia, após o desligamento das câmeras, ele pede o dinheiro de volta e, em troca, recebe uma maldição soprada pela pequena – daí o título “The Curse”. A partir desse ponto, eventos estranhos começam a se desenrolar, e os protagonistas, em um tom de comédia, enfrentam uma série de desafios, desde tentativas de ter um filho até esforços para reverter a maré de eventos negativos. Produzido pela A24, o trailer já apresenta ares caóticos e fantásticos! 

Fã de carne? Então essa dica aqui vai te deixar salivando…

Inaugurado em 2022, o restaurante Urus é fruto da concepção do restaurateur de Cuiabá e especialista em genética bovina, Jean Clini, em parceria com sua esposa e sócia, Acilene. O estabelecimento destaca-se pela apresentação de cortes bovinos, harmonizados com ingredientes provenientes de três biomas brasileiros: Pantanal, Cerrado e Amazônia mato-grossense. No ambiente, os clientes podem apreciar uma vitrine composta por câmaras de maturação, exibindo algumas peças do cardápio de alta qualidade antes mesmo de degustar as carnes. Itens como costela bovina, picanha e t-bone são destaques, enquanto do bioma amazônico, são utilizados tucupi preto, palmito pupunha, castanha do Pará e guaraná – este último presente no sorvete da fruta, coberto com raspas do bastão. Do Pantanal, surgem em versões criativas e instigantes o pintado, a piranha, o lambari e as escamas de piraputanga, proporcionando uma festa visual e gastronômica. Já do Cerrado, não poderiam faltar ingredientes como pixé, cumbarú, tamarindo, banana da terra, além dos diversos méis da região, e, é claro, a majestade: o gado 100% taurino, grassfed, cuja carne é proveniente de bovinos alimentados em pastagens e finalizada com silagem à base de grãos de milho.

Onde: Praça do Vaticano, 321 – Jardim Europa, São Paulo 

Entre livros e cafés: tour por livrarias imperdíveis pelo Brasil 

Eu adoro livrarias. Nelas, encontro um prazer singular, prestes a embarcar em uma jornada intelectual ou até mesmo em uma escapada emocional. Em meio à agitação do cotidiano, sua atmosfera tranquila se torna um verdadeiro refúgio, proporcionando uma liberação para minha imaginação e me enchendo de entusiasmo diante das novas emoções e conhecimentos que os livros prometem. Por essa razão, compartilho algumas recomendações de livrarias pelo Brasil para que você também possa explorar e, quem sabe, sentir a mesma magia que eu sinto!

Sampa

A Livraria da Travessa é, na verdade, carioca e fica em uma casa de 200 m², na Rua dos Pinheiros (além das unidades em shoppings pela cidade), em um ambiente com portas de vidro, e com muita iluminação natural. O local é dividido em dois andares, contendo espaços para sentar, ler um livro, tomar um café ou um vinho. 

A Livraria Martins Fontes é um convite irresistível para passar um tempo agradável – seja breve ou longo. Considerada uma das livrarias mais conhecidas da cidade, a renomada unidade na Avenida Paulista rapidamente se tornou uma referência no mercado literário. 

Localizada em outro ponto icônico de São Paulo, o Edifício Copan, a Livraria Megafauna oferece um acervo diversificado, abrangendo desde títulos de pequenas editoras até obras de grandes grupos editoriais. Vale destacar que, ao explorar a livraria, é altamente recomendável aproveitar as delícias da culinária brasileira e desfrutar de boas caipirinhas no Bar da Dona Onça, que compartilha o mesmo edifício.

Brasília

A livraria Sebinho já é velha conhecida e muito visitada! Além de vender livros, é um espaço cultural que promove eventos literários, musicais e possui uma área de bistrô. 

Rio de Janeiro

Fundada em 1979, no bairro do Leblon, a Livraria Argumento ganhou destaque durante o período da ditadura por seu acervo dedicado às ciências sociais, tornando-se um ponto de encontro para estudantes, professores, jornalistas e intelectuais. 

A Janela Livraria, inaugurada em março de 2020 no Jardim Botânico, destaca-se por sua curadoria que prioriza a literatura brasileira e obras de pequenas editoras. Distribuído em dois andares, o local também funciona como espaço para exposições e eventos, além de contar com uma papelaria completa e um acolhedor cantinho de leitura no mezanino. Sem falar no café que pode ser desfrutado nas mesas ao ar livre.

Acordes para Relaxar

Músicas relaxantes para tardes sombrias, com uma boa quantidade de faixas unicamente instrumentais para ajudar durante o dia de trabalho. Play já! 

Uma obra de não ficção ideal para todos que se interessam pela história e cultura dos países da América do Sul

Com as eleições para presidente se aproximando na Argentina  – o segundo turno é amanhã – achei que se aprofundar um pouquinho no país dos hermanos caiu como uma luva! Em ¿Qué pasa, Argentina?, a jornalista Janaína Figueiredo, repórter especial do jornal O Globo em Buenos Aires, nos conduz a um mergulho na história do país, com base em uma pesquisa imersiva e em sua própria vivência de mais de 30 anos em terras argentinas. Com a colaboração de especialistas nas mais diversas áreas, ela compõe um retrato vívido da Argentina em termos políticos, históricos, sociais, humanos, econômicos e culturais. Janaína relembra, por exemplo, o colapso político do fatídico dezembro de 2001, quando o então presidente, Fernando de la Rúa, foi derrubado e cinco presidentes passaram pela Casa Rosada em apenas uma semana. O livro fornece uma perspectiva diferente dos argentinos, tornando-se uma referência fundamental para entendermos os rumos do país e como isso nos influencia enquanto brasileiros. 

Um conflito entre uma das mulheres mais ricas do mundo e sua filha

Netflix

O escândalo envolvendo a proprietária da marca L’Oréal pode ser familiar para muitos, já que ganhou destaque mundial. No entanto, ainda assim, é interessante conferir A Bilionária, O Mordomo e o Namorado, uma minissérie de três episódios, recém lançada, que se dedica a investigar a disputa relacionada à herança de Liliane Bettencourt (1922 – 2017) entre 2007 e 2013, utilizando gravações originais do caso, entrevistas com pessoas ligadas à família da bilionária e manchetes jornalísticas da época.

Engraçado e informativo ao mesmo tempo! 

Everything is Alive é um podcast de entrevistas sem roteiro que, até a última temporada, tinha como entrevistados objetos inanimados – um par de meias, um carro etc…. Em cada episódio, o tal objeto nos conta a história de sua vida – e tudo o que ele diz é verdade. Já na nova temporada, o tema foca em animais e, logo no primeiro episódio, o apresentador entrevista uma mãe canguru e o filho dela, que se recusa a sair da bolsa e viver a própria vida. 

Um filme biográfico esportivo

Netflix

A notável conquista de Diana Nyad de nadar mais de 160 km de Cuba até os Estados Unidos é retratada como uma história mítica e inspiradora. Aos 64 anos, em sua quinta tentativa (no ano de 2013), Nyad enfrentou não apenas tubarões, mas também as mortais águas-vivas e a formidável corrente do Golfo. O novo filme biográfico da Netflix, NYAD, retrata-a como uma heroína caprichosa e incansável, interpretada com energia por Annette Bening. Rompendo um hiato de 30 anos na natação, a determinação dessa nadadora reflete um desafio às expectativas relacionadas à idade e apresenta uma pessoa complexa, movida pelo medo da morte e da obsolescência, mas cheia de resiliência. Nos anos que se seguiram, Diana ficou amplamente conhecida por seu feito histórico, dando palestras e participando de diversos talk shows. 

Especial Lisboa

Passei 10 dias em Portugal e não me canso desse país. Come-se bem, somos bem tratados, o clima é agradável, os vinhos ultra deliciosos, enfim, poderia passar um dia aqui rasgando elogios. Por isso, a edição de hoje está um pouquinho diferente – não teremos dicas de onde ir nem do que comer e beber no Brasil, mas trago 3 novidades gastronômicas fresquinhas dessa terrinha. Para salvar e não deixar de conhecer quando estiver de passagem por lá, hein?

Saboreando…

O Rocco você deve conhecer – impressionante como tem turistas brasileiros por lá – mas a novidade da vez é o Brilhante, a brasserie do chef Luís Gaspar com um ar de glamour, um misto de NYC e Londres! No menu, influências francesas, sendo o prato principal que eu devorei: o Bife Brilhante, inspirado no clássico Bife à Marrare que era servido nos famosos cafés de Lisboa no século 19. O mais legal é poder se acomodar para uma vista privilegiada da cozinha aberta. 

Maré é o mais recente projeto do chef José Avillez – cujo Belcanto foi nomeado como o 25º melhor restaurante do mundo em 2023. Poderia dizer que tem vibes de restaurante da Comporta – de sentar e ficar curtindo o visual acompanhado de um bom vinho por horas. Mantendo um cardápio contemporâneo que honra a tradição, o ambiente é totalmente inspirado no oceano e oferece um terraço coberto com uma vista deslumbrante. Achei a comida excelente, ambiente agradabilíssimo e o melhor, ainda não descoberto por muitos turistas como o vizinho, Furnas do Guincho. 

Bebericando…
No local que antes abrigava o Museu Erótico de Lisboa – MEL, surge agora o Paraíso, um bar dedicado a cocktails de autoria própria e, para aumentar ainda mais a experiência, um sushi bar intimista com apenas oito lugares. O ambiente é acolhedor e livre de agitação, com destaque para o chef japonês, Kousuke Saito. O cardápio apresenta duas opções: um menu mais extenso com 17 momentos (98€) e outro mais conciso com 12 (68€). A ênfase recai sobre ingredientes locais, técnicas tradicionais e o estilo edomae. Do lado oposto da cortina, o bar concentra-se em cocktails gastronômicos.

Quatro décadas de exposição do autor a pessoas e à espiritualidade na função de rabino

Em Zona Crepuscular – uma coleção de 25 contos – o rabino Nilton Bonder compartilha sua perspectiva sobre a paranormalidade, combinando ceticismo com uma abertura ao desconhecido. Ao longo do livro se entrelaçam elementos fictícios com suas experiências pessoais, explorando eventos reais vivenciados ao longo de seus 40 anos como rabino, incluindo uma cirurgia realizada por uma entidade incorporada, manifestações de Poltergeist e até mesmo um casamento póstumo. Apesar de a tradição judaica não abordar explicitamente o pós-vida, Bonder destaca a presença de histórias paranormais e exorcismos na cultura judaica. Ele investiga a complexidade da paranormalidade, representada pela “Zona Crepuscular”, uma área cinzenta entre o certo e o errado, onde a interpretação depende do contexto, assemelhando-se à narrativa de um sonho compartilhado com alguém com uma perspectiva diferente.

Um assassino frio e metódico

Netflix

Na abertura de The Killer (O Assassinato), de David Fincher, observamos um assassino profissional frio, que nunca é identificado, prestes a perpetrar seu último crime. O assassinato está ocorrendo em Paris e o alvo é uma espécie de poderoso magnata corporativo sobre o qual nós, assim como o assassino, não sabemos nada. Sua casa ocupa todo o andar da cobertura de um daqueles prédios de apartamentos parisienses com blocos ornamentados. O assassino, interpretado por Michael Fassbender, estabeleceu sua base em um espaço do WeWork vazio e escuro do outro lado da rua. A ideia central é que o assassino, com sua delicadeza e pontualidade profissional, combinada com a atitude de um assassino em série, tenta se transformar em uma máquina humana de matar, alguém que transforma o homicídio em um sistema, que esmaga qualquer tremor de sentimento em si mesmo. No entanto, a razão pela qual ele precisa se esforçar tanto para fazer isso é que, por trás de tudo, ele tem sentimentos. Isso é o que dá às suas ações um impulso existencial temperamental. Ah e vale citar que o elenco conta com uma brasileira de peso: Sophie Charlotte, que interpreta Magdala na trama.

Rumo ao francês fluente através de um belo design

Eu estou ENLOUQUECIDA com este guia para iniciantes que conta com um belo design e promete te ensinar francês em um ano – sim, um ano para ir de zero a fluente – em três partes, porque ao aprender francês é melhor saber desde o início que há muitas maneiras de ‘criar uma exceção’.

São muitos links de alta qualidade, com listas de palavras, vídeos, podcasts, ferramentas, contas de mídia social e muito mais – tudo para apoiar sua jornada rumo ao francês fluente. E o melhor, tudo gratuito.

Muita variedade de todas as décadas

Descobri uma playlist incrivelmente abrangente, composta por um total de 994 faixas, que reúne as melhores músicas de cada década a partir dos anos 50. Conforme a própria descrição sugere, Best Variety All Decades é uma excelente alternativa para ser reproduzida no ambiente de trabalho, substituindo a estação de rádio convencional ou aquelas playlists curtas que repetem as mesmas músicas todos os dias.

Assaltos às casas dos famosos

HBO Max

Quase havíamos nos esquecido do grupo de ladrões adolescentes que invadiam as casas das celebridades de Hollywood para roubar suas bolsas, roupas, dinheiro e joias, até que a HBO nos lembrou deles. No documentário The Ringleader: The Case of the Bling Ring (A Líder do Bling Ring: Os Roubos de Hollywood Hills), a suposta líder do grupo, Rachel Lee, se senta para falar pela primeira vez sobre esses crimes, pelos quais ela cumpriu pena de um ano e quatro meses, além de descrever a cultura de adoração de celebridades.

Novo delivery de comida japonesa (para aqueles dias que batem a preguiça)

Jun, filho do famoso Tsuyoshi Murakami, mantém a tradição da gastronomia de sua família, liderando o grupo JM. Mesmo com o peso do sobrenome, ele se destaca como empreendedor no setor gastronômico. Seu avô fundou o restaurante Kinoshita, e seu pai também fez história no ramo. Jun abriu o Motchimu (já indicamos aqui), um estabelecimento que destaca o bolinho de arroz glutinoso japonês, e agora embarca em uma nova empreitada com o Sushimu, focado em entregas de comida japonesa.

O Sushimu oferece uma fusão de tradição e inovação, combinando influências orientais e ocidentais de forma não convencional. O cardápio inclui pratos como o Creamy Shake Uramaki com salmão, avocado e cream cheese, o niguiri Shake Truffle com salmão e manteiga de trufas brancas, além de opções para diversos gostos e orçamentos, como Guioza suíno, Venice roll com tempurá de camarão e outros pratos. 

Funcionamento: Apenas delivery, via iFood; atendimento em um raio de 7 km da Alameda Lorena, Jardins

Horários: terça a domingo, das 11h às 15h e das 18h às 22h30; cardápio reduzido das 15h30 às 17h30

Um universo de fantasia, onde adultos podem se reconectar com a sensação de serem crianças

A exposição “BlowUp: um sopro de diversão” é uma mega exposição de arte inflável, na Oca do Parque Ibirapuera. Com mais de 500 instalações, essa experiência multissensorial é repleta de criatividade e interatividade, sendo dividida em 15 módulos temáticos.

O diretor artístico, Lucas Capalbo, seguiu a tendência global de espaços para todas as idades, onde as barreiras geracionais desaparecem, além de criar uma conexão emocional com os visitantes, despertando uma variedade de sentimentos, desde o espanto até a reflexão, tudo em um ambiente de diversão e leveza. 

Entre os módulos, os visitantes podem experimentar a sensação de flutuar entre estrelas dançantes, refletir sobre o infinito, explorar a abstração com coelhos infláveis e participar de uma dança cósmica com bolas imprevisíveis. 

Quando: 12/10/2023 a 11/02/2024

Horários: de quarta a sexta-feira, das 11h às 19h; sábados, domingos e feriados, das 9h às 19h

Onde: Oca do Parque Ibirapuera – Av. Pedro Álvares Cabral, S/n – Portão 2 – Moema, SP

Para quem já curte ou quer entrar no universo da corrida

Se você é fã de esportes e, principalmente, de corrida, ou se tem ensaiado começar, mas ainda não colocou em prática, o Running for Real o tirará do sofá e, com certeza, o motivará a se tornar mais ativo em geral. A corrida costuma ser um esporte solitário, e pode ser tentador desistir da meta de correr pela manhã por talvez se sentir sozinho – mas o Running For Real pretende garantir que isso não aconteça. Nesse pod, há muito menos informações sobre quais tênis são ideais para uma corrida de cross-country ou estatísticas entediantes sobre 5 km, e muito mais sobre como entrar em um espaço mental e ter conversas sobre corrida bem pensadas. Ele é apresentado pela ex-atleta profissional e CEO da Running for Real, Tina Muir, que lhe dará a confiança necessária para voltar a correr ou começar a correr pela primeira vez.

Onde o poder criativo e a insanidade se encontram

Rosa Montero explora a ligação entre criatividade e instabilidade mental em seu livro O perigo de estar lúcida, baseando-se na experiência pessoal e na leitura de inúmeras obras sobre psicologia, neurociência, literatura e memórias de grandes pensadores. Ela desvenda como o cérebro funciona na criação, desmontando os elementos que influenciam o processo criativo. Montero combina ensaio e ficção para investigar a conexão entre criatividade e insanidade, destacando a teoria da “tempestade perfeita” na explosão criativa. A autora compartilha suas próprias experiências, tendo habitado um território próximo à loucura. O livro aborda as “fadas” que inspiram, exigindo um alto custo, enquanto as pessoas “normais” correm o risco de cair no tédio em vez de viver plenamente. A chave, como ela argumenta, reside no equilíbrio entre desapego e sentimento para alcançar uma harmonia pessoal.

Sobre amor na guerra 

Netflix

Confesso que estava MUITO ansiosa para vir dar essa dica aqui, porque eu li o livro e AMEI, então a expectativa está alta. All The Light We Cannot See (Toda Luz que Não Podemos Ver) é baseada no romance de guerra homônimo de 2014, e é dirigida e desenvolvida por Shawn Levy, o principal produtor de Stranger Things. A série é estrelada por Mark Ruffalo e Hugh Laurie, e acompanha a vida de dois adolescentes em meio à Segunda Guerra Mundial – uma garota francesa cega, Marie-Laure Leblanc (Aria Mia Loberti), e Werner Pfennig (Louis Hofmann), um jovem soldado alemão inteligente e especializado em tecnologia de rádio, que se desilude com o exército. Seus caminhos se cruzam depois que Marie-Laure se refugia em Saint-Malo, após a invasão e ocupação da França pela Alemanha nazista, e Werner acaba indo para lá como parte de um esquadrão da Wehrmacht. A partir daí, os dois começam a desenvolver um relacionamento. 

Para deixar a limpeza do seu rolo de câmera mais fácil e dinâmica!

Recentemente, descobri o aplicativo Swipewipe, que é brilhante! Ele torna a limpeza do rolo da câmera divertida por meio de um movimento de deslizar para manter ou excluir, no estilo do Tinder. O aplicativo controla os meses que você “limpou” e mostra quanto espaço foi liberado.

Que tal ouvir o novo disco do Rolling Stones?

Mick Jagger está com 80 anos, Keith Richards completa 80 anos em dezembro, e os Rolling Stones acabam de lançar seu primeiro álbum de músicas novas em 18 anos. Intitulado “Hackney Diamonds”, conta com participações de convidados como Lady Gaga, Stevie Wonder e Paul McCartney. O crítico de rock, Ken Tucker, diz que o álbum é surpreendentemente animado, com pelo menos uma música que pode estar entre as melhores da banda.

Uma série sobre vingança divertida, bem executada e visualmente atraente

Amazon Prime

Wilderness (Turismo Selvagem) é uma série de seis episódios, adaptada do thriller de B.E. Jones, com Jenna Coleman e Oliver Jackson-Cohen como os recém-casados, Liv e Will Taylor. Quando Liv descobre o caso de seu marido com Cara, ela planeja se vingar em uma viagem de carro pelos parques nacionais dos EUA, entretanto, suas tentativas são constantemente frustradas, resultando em uma montanha-russa de eventos. A série gira em torno de temas como a opressão feminina e as expectativas da sociedade de que as mulheres suportem situações difíceis e mantenham as aparências. 

Listening bars, a nova onda de SP e do mundo!

Os “listening bars”, ou bares de audição, têm se tornado uma alternativa única e popular em várias partes do mundo em comparação com os bares tradicionais, onde a música frequentemente fica em segundo plano. Estes estabelecimentos colocam a música como o foco central, proporcionando uma experiência mais imersiva e atenta para os clientes.

O diferencial desses locais está na ênfase na qualidade do som, com investimentos em sistemas de alta fidelidade para garantir uma reprodução de áudio excepcional. A seleção musical é criteriosamente escolhida por DJs, especialistas em música ou proprietários, visando criar uma experiência musical coesa e envolvente. Além disso, muitos desses bares priorizam o uso de discos de vinil, adicionando uma dimensão analógica à apreciação musical. Em relação ao cardápio, ele é frequentemente simples, com poucas opções de comida e bebida, para que os clientes possam se concentrar plenamente na música.

São Paulo acaba de ganhar três deles – o Domo, o Elevado Conselheiro e o Matiz. Se quiser se aprofundar mais, inclusive, a Folha fez uma matéria bem completa, com entrevistas dos sócios de alguns deles, os quais explicam como o conceito foi adaptado para a realidade brasileira. 

Endereços:

Domo Bar – R. Major Sertório, 452, Vila Buarque – Turnos: das 19h às 21h15 e das 21h30 às 24h.Elevado Conselheiro – R. Conselheiro Ramalho, 800, Bela Vista.
Matiz – R. Martins Fontes, 91, Centro.

Exposição inédita da artista cubano-americana

A exposição “Ana Mendieta: Silhueta em Fogo”, da artista cubano-americana Ana Mendieta (1948-1985), abrange 21 filme-performances gravados entre 1972 e 1981, além de fotografias auto-performativas. Dividida em duas partes, a exposição também inclui uma mostra coletiva com artistas contemporâneas, cujas obras dialogam, direta ou indiretamente, com o legado de Mendieta.

A curadoria da exposição é de Daniela Labra, com curadoria adjunta de Hilda de Paulo e assistência de Maíra de Freitas. A expo oferece, ainda, uma visão abrangente da vida e obra de Ana, uma artista emblemática da arte contemporânea, cujo trabalho contempla diversos suportes estéticos e temas, incluindo o corpo, ecologia, feminilidade arquetípica, ancestralidade, cura, crítica e performatividade. Além disso, Mendieta explorou várias linguagens artísticas, como fotografia, esculturas em madeira e argila, desenhos, intervenções rurais e ações em espaços domésticos.

Onde: Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93, Pompeia (SP)

Quando: 19/09/2023 a 21/01/2024

Horários: de terça a sábado, das 10h às 21h; domingo e feriado, das 10h às 18h

O  bilionário controverso com ambições grandiosas e um ego à altura

A biografia de Walter Isaacson sobre Elon Musk explora a personalidade complexa da pessoa mais rica do mundo. Isaacson (que também escreveu a excelente biografia de Steve Jobs) retrata Musk como um “homem-criança” inconstante, com histórico de sofrer bullying, e atribui parte de seu comportamento à síndrome de Asperger, que o faz ter dificuldades com pistas sociais e empatia. Apesar desses desafios interpessoais, o empresário é movido por grandes visões, como a de tornar a humanidade multiplanetária por meio de suas empresas, incluindo a SpaceX e a Tesla. A biografia destaca sua resistência a reações contrárias e sua tendência a rotular aqueles que discordam dele como sabotadores ou idiotas. Grimes, a mãe de seus filhos, descreve sua raiva intensa como um catalisador para a produtividade. Isaacson, por sua vez, conclui que todo herói tem defeitos, e aqueles que consideramos vilões podem ser complexos, o que sugere a personalidade multifacetada de Musk.

No estilo de ‘Dark’, essa série é puro suspense e vem sendo muito bem falada! 

Netflix

No beco de Whitechapel, em Londres, um corpo masculino nu é descoberto, exibindo uma ferida no olho, sem indícios de tiro. Uma peculiar tatuagem de três faixas paralelas é visível em seu pulso. O detalhe que transforma a situação é que esse mesmo corpo é encontrado no mesmo local, Longharvest Lane, em quatro anos distintos: 1890, 1941, 2023 e 2053. A série Bodies acompanha quatro detetives que investigam o mesmo assassinato em diferentes períodos de tempo. Apesar de uma impressão inicial morna, a série se torna cada vez mais envolvente, nos deixando ansiosos pelo próximo episódio.

Um podcast sobre a trajetória de Putin

About a Boy: The Story of Vladimir Putin, de Audacy e Puck, é dividido em 5 episódios documentais que explora as forças que moldaram a infância (e a vida) do presidente russo, Putin, e por que é fundamental entender o que ele pode fazer em seguida na guerra contra a Ucrânia. A série foi escrita e é narrada por Julia Ioffe, sócia fundadora e correspondente em Washington da Puck, e uma das principais jornalistas que cobrem a Rússia e Putin.

‘Esse trabalho está nos matando’… 

Netflix

Fair Play apareceu esse ano no Sundance Film Festival, e tem como diretora e roteirista, Chloe Domont. O filme começa com uma cena chocante e bem-humorada no banheiro de um casamento. Ele apresenta Phoebe Dynevor e Alden Ehrenreich (interpretando Emily e Luke), como um jovem casal que esconde seu relacionamento, enquanto trabalham em um hedge fund. Quando Emily é promovida em detrimento de Luke, isso leva a uma situação tensa e, por fim, explosiva. Fair Play explora o que significa ser uma mulher de sucesso em 2023 e é uma mistura de bagagem, estilo e inteligência.

Conheça o bar que é baseado na Revolução dos Cravos 

Arnaldo Altman, conhecido por criar bares icônicos na Vila Madalena, como Filial, Genésio e Genial, retornou à cena boêmia com o Bar dos Cravos, localizado em uma rua tranquila no bairro do Paraíso, longe de seus estabelecimentos anteriores. O nome e a decoração do bar fazem referência à Revolução dos Cravos, que pôs fim à ditadura em Portugal, em 1974. Dessa vez, a ênfase está na coquetelaria, em vez do chope, com a carta de bebidas elaborada por Steph Marinkovic. O bar proporciona um ambiente mais tranquilo em comparação com a cena de bebedeira da cidade e traz reminiscências dos bares noturnos, dirigidos por Arnaldo Altman e seus irmãos.

Eventos gastronômicos para colocar já na sua agenda! 

1ª Bienal da Gastronomia de Belo Horizonte leva chefs renomados à capital mineira, com o objetivo de fortalecer a cena gastronômica da cidade. Entre 16 e 31 de outubro, vai rolar uma programação repleta de palestras, mostras, seminários e projetos especiais junto de chefs brasileiros e internacionais. O evento é encerrado com o Fórum Internacional de Gastronomia (FIG-BH), que tem entre os nomes confirmados: Janaína Torres Rueda, Leonor Espinosa, Rodrigo Oliveira e Tássia Magalhães.  

Sesc SP realiza a 7ª edição do Experimenta! Comida, Saúde e Cultura, entre os dias 16 e 29 de outubro. Suas unidades são palco de mais de 120 atividades que compõem a programação, reforçando a ação que, desde 2017, tem consolidado junto ao público a compreensão de que alimentação vai muito além da nutrição e que envolve aspectos como saúde, cultura, meio ambiente e outras questões socioeconômicas.  


4ª edição do Rio Coffee Nation será realizada entre os dias 20 e 22 de outubro no Píer Mauá, no Rio de Janeiro, e tem como objetivo transformar a Cidade Maravilhosa na capital dos grãos especiais. Serão três dias de evento, e mais de 50 produtores de diversas regiões do país estarão reunidos com o objetivo de estimular a profissionalização e a cultura desse mercado, além de apoiar, promover e ajudar a agricultura familiar, unindo os especialistas e os apaixonados pela bebida. Esta edição chega com novos cursos, oficinas, workshops e uma competição inédita de melhor barista do Rio Coffee Nation. Para quem gosta de música, a programação também incluirá um Happy Hour com Bossa Nova ao vivo nos dias 20 e 21, com direito a drinques à base de café.

Entrando no mundo da ópera

A playlist deste final de semana tem uma participação muito especial – Camila Provenzale, soprano ítalo-brasileira super talentosa, com ampla experiência internacional e vencedora de competições internacionais. Chique, né? Bom, ela preparou cuidadosamente essa seleção especial, apresentando algumas das óperas mais acessíveis e envolventes, perfeitas para quem está começando a explorar esse gênero. Inclui obras-primas como “Carmen” de Georges Bizet, com suas paixões ardentes, a emocionante “La Traviata” de Giuseppe Verdi, e a majestosa “A Flauta Mágica” de Mozart. Essas óperas cativarão os ouvidos e os corações daqueles que estão prestes a embarcar em uma jornada inesquecível no mundo da ópera. 

Uma antologia que reúne centenas de poemas sobre o amor e suas múltiplas facetas.

O livro Poemas de Amor, com seleção e organização do brasileiro, Walmir Ayala, traz um compilado de poemas e versos que ultrapassam gerações. Você vai encontrar desde os ardentes sonetos de Camões a tragédia amorosa shakesperiana de Romeu e Julieta. Além disso, o livro traz vozes – nacionais e internacionais – que se consolidaram como umas das maiores de seus tempos: Castro Alves, Baudelaire, García Lorca, Mário de Andrade, Alberto da Costa e Silva são presença certa. 

Cada poema revela as nuances que o sentimento mais invejável e poderoso do mundo tem e te concede a oportunidade única de embarcar em uma viagem romântica, profunda e encantadora através dos séculos. 

Suspense para desbaratinar

Netflix

Reptile é um thriller estrelado por Benicio del Toro como o detetive, Tom Nichols, que tem uma reputação de durão, apesar de trabalhar principalmente em uma cidade pequena. Quando uma jovem corretora de imóveis é encontrada morta, ele é encarregado de resolver o caso. À medida que Tom investiga, o principal suspeito torna-se o namorado da vítima, mas há outros possíveis culpados, e o caso começa a lhe causar danos. O filme também conta com a participação de Justin Timberlake e Alicia Silverstone.

Uma introdução aos iniciantes de jazz

O jazz é um estilo musical essencialmente americano que surgiu no final do século XIX e início do século XX. Caracteriza-se por sua natureza improvisada, ritmos sincopados e uma fusão de diversas tradições musicais, incluindo influências africanas, europeias e americanas. O jazz continua a ser celebrado por sua capacidade de transmitir emoções, contar histórias e se conectar com os ouvintes em um nível profundo, e com a playlist “Jazz for Beginners” conseguimos imergir nesse universo. 

Para entrar no clima do Halloween

Outubro é o mês do Halloween e nada mais temático do que uma exposição sobre o universo de filmes de terror. Essa é a proposta da exposição ‘Terror no Cinema no MIS (museu de Som e Imagem), com curadoria de André Sturm (diretor geral do MIS). 

Por meio de um percurso envolvente, impressionante e imersivo, o visitante poderá rever e experienciar momentos icônicos da história do gênero terror.

O público terá a oportunidade de adentrar o universo de filmes clássicos do cinema, como “O Gabinete do Dr. Caligari” (1920), “Nosferatu” (1922), “Psicose” (1960), “O exorcista” (1973), “Alien, o oitavo passageiro” (1979), “O iluminado” (1980), “Sexta-feira 13” (1980), “O silêncio dos inocentes” (1991), “A bruxa de Blair” (1999), e inúmeros outros. Dividida em setores temáticos, dedicados a subgêneros do terror (found footage, zumbis, slashers, sobrenatural e muito mais), a exposição transporta os visitantes à atmosfera dos longas com estímulos sonoros, visuais e olfativos, de forma lúdica e informativa.

Objetos exclusivos, cedidos por estúdios parceiros – como a máscara utilizada na franquia “Pânico”, da Paramount Pictures, também farão parte do que o público visitante encontrará na exposição. Mais detalhes serão divulgados em breve.

Quando: De 31/10/2023 a 04/11/2023

Horários: 31/10, das 17h às 22h (permanência até 23h); 01/11, 03/11 e 04/11, das 10h às 20h (permanência até 21h); 02/11 (feriado), das 10h às 18h (permanência até 19h)

Quanto: 31/10 R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia) – desconto (não cumulativo) da meia-entrada incluso para quem doar um livro de ficção, escrito em língua portuguesa e em bom estado; 01/11 a 04/11 R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)

Onde: Av. Europa, 158 – Jardim Europa, SP (MIS Jardim Europa)

A vida de Beckham para além do futebol!

Netflix

Ele pode ser uma das maiores celebridades da história do futebol, mas a vida de David Beckham nem sempre foi fácil. Beckham, a série documental sobre sua vida e carreira, nos mostra uma visão íntima dos bastidores de sua trajetória, cobrindo sua ascensão à fama, suas experiências como atleta profissional e sua transição para vários negócios e empreendimentos filantrópicos. Também se concentrará em seu relacionamento com Victoria e em como a fama de Posh & Becks começou a pesar sobre eles. 

Longevidade, saúde e medicina

Criado em 2014, o Gerocast é o primeiro podcast sobre longevidade no Brasil. São mais de 800 episódios (a maioria de podcasts não passam de 50) com o objetivo de documentar tudo que tem longevidade: pessoas, história, coisas, tecnologia, cidade.

Restaurantes kids friendly 

O final de semana prolongado devido ao feriado de Dia das Crianças merece uma programação que envolve os baixinhos. Selecionei abaixo opções ideias para você comer bem e ainda garantir a diversão para a família.

Praça São Lourenço, tem um jardim maravilhoso, com jabuticabeiras, amoreiras, goiabeiras e um lago. Aos finais de semana e feriados, durante o almoço, eles contam com uma equipe de monitores da Liga da Aventura para entreter a criançada. Das 12 às 16hs, crianças a partir de 3 anos podem ficar sob os cuidados da equipe. 

Capim Santo, apesar de não ter uma área específica para os pequenos, é super kids friendly! Ideal se você não abre mão de comer bem, mas quer curtir com as crianças.

LE Burger Secreto, tem o cardápio assinado pelo Chef Arthur Sauer e conta com uma decoração toda nerd e geek que os mais novos, com certeza, vão curtir.

Obras para se informar verdadeiramente sobre o conflito Israel-Hamas

É impossível ignorar o terrível ataque do grupo terrorista Hamas à Israel. Pensando na enorme quantidade de fake news e desinformação que andam rolando pelas redes sociais, deixo aqui três livros excelentes que poderão te dar TODA informação e esclarecimento que você precisa para entender o conflito, suas inúmeras variantes e atores. 

Black Wave, de Kim Ghattas

É uma exploração abrangente da complexa história e da dinâmica atual do Oriente Médio. O livro faz um mergulho profundo no passado recente da região, principalmente, desde a Revolução Islâmica de 1979 no Irã, e traça as narrativas entrelaçadas de religião, geopolítica e transformação cultural, destacando a diversidade do Oriente Médio e as lutas enfrentadas por seus povos em face dos regimes autoritários, do sectarismo e do confronto, muitas vezes violento, entre tradição e modernidade. 

My Promised Land, de Ari Shavit

Conta como era a relação de árabes e judeus no começo do século XX até anos após a independência. O livro é uma exploração profundamente perspicaz da história de Israel, vista por meio das experiências pessoais e coletivas de seu povo. Shavit se aprofunda na complexa narrativa da formação de Israel, baseando-se em extensa pesquisa, entrevistas e anedotas pessoais. Ao longo de “My Promised Land”, Shavit aborda questões críticas como identidade, política, religião e a luta pela coexistência. 

Palestina, uma biografia, de Rashid Khalidi

Escrita por Rashid Khalidi, árabe, maior historiador do Oriente Médio, nos EUA, conta a história do conflito de mais de um século do ponto de vista da Palestina. Envolvente e marcante, o livro cruza eventos históricos, materiais de arquivo nunca antes explorados e relatos de gerações, tratando de forma simultaneamente sóbria e emotiva os fatos de um confronto trágico entre dois povos que reivindicam o mesmo território. 

A adaptação de livro para TV que estávamos esperando

Apple TV+

Adaptação do livro best-seller de 2022, Lessons in Chemistry é uma série que se passa na Califórnia dos anos 60, onde a cientista Elizabeth Zott (Brie Larson) foi recentemente demitida de seu próprio laboratório de ciências. Em um mundo de sexismo e atitudes condescendentes em relação às mulheres na ciência, Elizabeth recebe uma segunda chance quando é contratada para apresentar um novo programa de culinária, o Supper at Six. Com a televisão cada vez mais popular, ela usa seu novo papel para educar e instruir as donas de casa americanas sobre tópicos científicos por meio da simples arte da culinária. A série conta com outros atores incríveis como Lewis Pullman (Top Gun: Maverick), Aja Naomi King (How To Get Away With Murder), Stephanie Koenig (The Offer) e Kevin Sussman (The Dropout).

Jogando luz sobre assuntos de grande importância

O podcast Elefantes Na Neblina nasceu com uma conversa entre 3 amigos, no início da pandemia em 2020. Tudo começou com uma conversa que tentava jogar luz para estes tempos incertos e implacáveis. Destas conversas, nasceu um podcast sobre um mundo em constante mutação, buscando explorar assuntos grandes e, muitas vezes, incômodos. Conversas sobre o que é ser um humano em nossos curiosos e complexos tempos. Muuuito bom! Ah e olha que legal: eles têm um canal no app de meditação Insight Timer – dá uma olhada!

Uma comédia que tem a música como temática! 

Apple TV

Estrelado por Eve Hewson (Bad Sisters) e Joseph Gordon-Levitt (Poker Face), o filme Flora and Son aborda a vida de Flora, uma mãe solteira que vive em Dublin, e que está lutando para saber o que fazer com seu filho adolescente rebelde e distante, Max. Max aparentemente não tem interesse em crescer e amadurecer e, frequentemente, se mete em problemas na escola e com a lei. Quando Flora descobre que ele está roubando coisas, ela se vê sem saber como mudar o cenário para seu filho. A polícia que o prende incentiva o menino a encontrar um hobby, ou algo para canalizar seus sentimentos e sua energia. Quando Flora descobre um violão velho e desgastado em um depósito de lixo, ela pensa ter encontrado a solução. Inicialmente, Max reluta em aprender um instrumento, mas quando Flora entra em contato com um professor de violão em Los Angeles e ex-músico, Jeff (Gordon-Levitt), ele começa a apreciar a música e seus efeitos transformadores e começa a se relacionar melhor com sua mãe.

A primeira mostra individual de Cao Fei na América Latina

Não dá para perder a exposição ‘Cao Fei: o futuro não é um sonho’! 

Cao Fei é uma renomada artista chinesa contemporânea, conhecida por seus trabalhos inovadores e instigantes, principalmente nas mídias de vídeo, instalação e arte digital. Essa é a primeira vez que a artista tem uma mostra individual na América Latina e suas criações, frequentemente, exploram temas relacionados à tecnologia, à urbanização e ao cenário sociocultural em evolução da China moderna.

A arte de Cao Fei costuma incorporar elementos de fantasia e escapismo, ao mesmo tempo em que aborda questões sociais críticas. Ela recebeu vários prêmios e elogios por suas contribuições à arte contemporânea e seu trabalho foi exibido em locais e eventos de prestígio em todo o mundo, incluindo a Bienal de Veneza e o Museu Guggenheim, em Nova York.
Quando: De 02/09/2023 a 14/04/2024
Onde: Av. Tiradentes, 273 – Luz, SP (Pina Contemporânea)

Um app que funciona como uma extensão inestimável da sua mente

O “Sense” é um aplicativo inovador que funciona como uma extensão da sua memória.  Desenvolvido com tecnologia de IA, o app exemplifica o potencial da IA para enriquecer e aumentar nossa vida cotidiana. Ele representa um avanço significativo no aprimoramento de nossas habilidades cognitivas, já que ajuda as pessoas a armazenarem, recuperarem e organizarem suas memórias com uma precisão sem precedentes. Com a simples inserção de informações, como texto, imagens ou notas de voz, os usuários podem criar um banco de dados digital abrangente de suas experiências de vida. Ah, mas o que o diferencia? Sua capacidade de categorizar e fazer referência cruzada de forma inteligente a essas memórias, facilitando a recuperação rápida de informações. Impressionante, né?

Entre em um mundo de serenidade com essa playlist 

Se estiver procurando relaxar após um longo dia, praticar mindfulness ou simplesmente encontrar consolo em meio a um mundo agitado, essa playlist é a sua fonte de relaxamento. Mergulhe numa vibe relaxante de músicas amenas, acústicas e sons meditativos que o transportarão para um estado de paz interior e tranquilidade. 

Uma biografia que fala sobre ioga e meditação, mas também sobre depressão e terrorismo 

Dica da Carol Rhuman não dá para não levar a sério, né? Pois bem, eu estou devorando o livro Ioga, de Emannuel Carrère, que explora de forma cativante sua jornada pessoal no mundo da ioga e da espiritualidade ao mesmo tempo em que oferece reflexões perspicazes sobre os aspectos filosóficos e históricos mais amplos dessa prática milenar. Enquanto lida com seus próprios demônios interiores e com a busca de um sentido para a vida, a narrativa de Carrère é, ao mesmo tempo, franca e instigante. Em janeiro de 2015, Emmanuel vai para um retiro de meditação Vipassana de 10 dias, na região de Morvan, na França. Lá, ele faz várias reflexões que são interrompidas quando, quatro dias depois de sua estada no equivalente espiritual da Coreia do Norte, seu retiro é interrompido por notícias graves do mundo exterior. O ataque islâmico ao escritório do Charlie Hebdo precipita uma crise de depressão e desarranjo mental. Não vou falar mais nada, apenas leia-o.

Uma tentativa de juntar as peças do caso para encontrar uma resposta

A Netflix produz alguns dos melhores documentários do mercado. Who Killed Jill Dando?, sua mais nova série documental, revisita o assassinato de Jill Dando, uma apresentadora e locutora de notícias da BBC, a qual foi encontrada morta em sua casa em Londres e tal fato levou a uma grande investigação que não encontrou um culpado definitivo. A série apresenta entrevistas com a família e os amigos de Dando, com jornalistas que a conheciam da época e com a equipe de investigação envolvida no caso, recontando a vida da amada apresentadora. Para quem não sabe, Jill ganhou destaque pelo seu trabalho na BBC, apresentando programas de café da manhã e o principal noticiário do canal –  o Six O’Clock News – além de programas como o Crime Watch. Ela se tornou um rosto reconhecível e uma estrela muito querida da TV britânica, ganhando prêmios e espectadores.

O que acontece quando uma matriarca de 52 anos decide morar sozinha? 

Netflix

Sendo a 2ª produção do casal Nana Ekvtimishvili e Simon Groß, My Happy Family é um drama familiar da Geórgia (em co-produção com a Alemanha e a França) sobre uma mulher de 52 anos, que abala a estrutura de toda sua família ao decidir morar sozinha. Manana (Ia Shugliashvili), é uma mãe, esposa, professora e, acima de tudo, mulher real – com suas frustrações, cansaço e enormes responsabilidades, que se cansa de viver no mesmo teto dos pais, do marido, dos filhos jovens adultos (e de bônus, o marido da filha) e decide alugar um apartamento para si mesma. A decisão vira uma bomba e os protestos são quase unânimes – com exceção dos filhos, que parecem mais compreensivos. A partir daí, se desenrola toda uma imersão sobre o que, de fato, levou a protagonista a querer sair de casa. Briga? Discussão? Divórcio? Não… Nenhum evento torrencial resultou na mudança, mas sim um acúmulo, de tempos, de uma vida centrada no outro – como a de muitas chefes de família por aí.

As entranhas de uma relação conturbada entre mãe e filha

Relacionamentos tóxicos não são só os amorosos e, cada vez mais, estamos entendendo isso… Em Eva, por exemplo, a brasileira Nara Vidal explora a relação de decepções, cobranças e dependência entre mãe e filha. 

Na sinopse, já entendemos bem a semente do problema: “Eva tem o diabo no corpo. Segundo corre na família, seu nome atrai pecado.” Ao ser chamada da mesma forma que a “primeira pecadora da história da humanidade” – como escolha do pai, a protagonista cresceu ouvindo somente o pior relacionado ao seu nome, principalmente por parte das figuras maternas de sua família católica, mas em especial de sua mãe, que parecia usar isso como “aval” para tratar a filha com o dobro de julgamentos e cobranças. A relação com a maternidade, portanto, não foi das melhores para Eva… E é justamente a partir do momento em que ela perde a figura tão controversa de sua mãe que as coisas começam a desandar (ou talvez andar) ainda mais. 

A autora trabalha a dependência afetiva materna e como isso passa a se refletir nos demais relacionamentos de Eva, transitando entre os temas do luto e da perda, da estrutura familiar, dos estragos que todo esse contexto causa pra saúde mental e pelas questões de controle que perpassam os relacionamentos familiares (desde mães e filhos até companheiros).

Levando a praça para o bar (e vice versa) no centro de SP

Curti demais a proposta do Gaspar Bar & Praça! Bom, pra começar, já sou suspeita pra falar de lugares que sabem combinar comida boa e drinks autênticos, mas o que mais me ganhou foi a proposta dois em um de bar e praça.

Em suas próprias palavras, o Gaspar é um “bar na praça, que leva a praça para o bar”, e nessa proposta descontraída – com direito a ótimos DJs embalando o clima, acabou criando um ambiente ideal (e super modernoso) pra dates, encontros com amigos, e por aí vai. 

Ah, mas já aviso que o lugar está bombando, então, principalmente de FDS, é bom chegar cedo pra garantir sua mesa na parte interna (mas não se preocupe, porque também dá pra aproveitar os comes e bebes na parte externa). 

Onde: Pç Dom José Gaspar, 42 – República, SP

Um festival com o melhor da gastronomia coreana

É fato: estamos sendo engolidos (no melhor sentido da palavra) pela riquíssima cultura coreana. Seja pelos k-dramas, pelos grupos musicais de k-pop e suas coreografias características, pela arte autêntica e, principalmente, pelos sabores irresistíveis, a Coréia tem referências incríveis que vêm ganhando cada vez mais espaço aqui no ocidente. 

E para você que está procurando um programa pra este fim de semana, minha recomendação é o Festival de Gastronomia Coreana, HANSIK, lá no Centro Cultural Coreano! Um evento completão, com direito a degustações, oficinas e cursos (gastronômicos, é claro), todos GRATUITOS, pra você imergir no melhor da cultura coreana e aproveitar bastante as suas delícias. Confira a programação e demais informações aqui!

Onde: Av. Paulista, 460 – Bela Vista, SP (Centro Cultural Coreano)

Quando: De 01/09/23 a 06/10/23

Quanto: Gratuito – os ingressos são liberados semanalmente, todos os sábados, às 12h, e é necessário reservá-los pelo site.

A cada mergulho, uma nova descoberta

De política e ciência, a cultura, urbanismo e comportamento, a Radio Escafandro é um daqueles podcasts bem jornalísticos – compilando entrevistas inéditas, gravações em campo e áudios de arquivo – mas que consegue dar vida a conteúdos robustos e carregados de informação sem perder o fio do interesse. Então, se você é daqueles que gosta de ouvir episódios longos (de mais de uma hora, quase um filme), com certeza vai curtir o jeito irreverente que eles encontraram de deixar a gente mais interessante… Já entenderam por que amei, né?

Muito mais que uma série de ação nordestina

Amazon Prime

Com direito a muitos tiros, estrondos e emoções à flor da pele, Cangaço Novo tem tudo o que uma boa ação pede, mas, através de roubos de bancos, tramas familiares complexas e fortes referências nordestinas, conseguiu ir muito além, deixando tudo ainda mais interessante. Ubaldo (Allan Souza Lima), um jovem bancário já desacreditado na vida e em busca de recursos pra cuidar do pai adotivo, descobre uma herança no sertão do Ceará. Chegando lá, ele, que já tinha pouca memória da infância, descobre que tem duas irmãs e acaba revivendo mais laços familiares, assumindo o legado de seu pai biológico, um cangaceiro. Baseada em fatos reais e inspirada no gênero nordestern (junção de nordeste com western dos EUA), a trama já está em desenvolvimento há quase 10 anos, e toda essa preparação meticulosa – que inclui um elenco majoritariamente nordestino, que vivia os personagens, além de 8 meses da equipe morando no sertão para gravar a série – foi feita justamente pra impactar. E deu resultado, se considerar que sua nota no IMDb já é 8,8!

Pra relaxar e entrar no clima doce do Soul

O ritmo que leva alma no nome é conhecido e aclamado por combinar influências do gospel, jazz e blues da forma mais envolvente possível – e sempre com muita potência vocal envolvida (não à toa, Ray Charles, Aretha Franklin e James Brown são grandes nomes que representam o gênero). Se curte essa vibe e quer criar um ambiente mais aconchegante, ou apenas relaxar ao som de música boa, a Soul Classics – The Greatest Soul Songs tem uma seleção de clássicos deliciosos do sweet soul, que, com certeza, vão te fazer entrar no clima.

Uma jornada de autodescoberta para quebrar tabus sobre capacitismo e superproteção

Netflix

Em 37 segundos, um J-drama premiado, somos apresentados à Yuma Takada (Mei Kayama), uma jovem artista talentosa que nasceu com paralisia cerebral, mas, com movimentos limitados das mãos, conseguiu desenvolver habilidades de desenho e aprimorá-las nos mangás. O talento é inegável – inclusive, sugado pela prima, quem roubava os créditos – e foi através dele que Yuma conseguiu dar vida, não só à criatividade, mas a si mesma. Quando suas habilidades foram reconhecidas por uma editora de mangás adultos, a contrapartida clara de “viver para poder ilustrar” – leia-se, ter experiências sexuais pra poder falar delas – levou a artista a sair da zona de conforto, rigidamente imposta pela mãe superprotetora (Kanno Misuzu), e viver suas verdades. Por meio de uma abordagem extremamente cuidadosa e delicada, mas nem de longe estereotipada, o longa perpassa pelos dramas e sanções que pessoas “superprotegidas” precisam quebrar ao longo do tempo, mas também por um tema quase sempre pouco explorado: a intimidade das pessoas atípicas – em suas vontades, desejos e processos de descoberta.

Um GIRO por São Paulo!

Atrás de um barzinho cool, com cardápio recheado e chope gelado pra curtir o fim de semana de calor? Bora conhecer o Giro

No coração de Pinheiros (ou melhor, em uma de suas badaladas esquinas), o espaço consegue atender de tudo – seja um prato mais trabalhado no almoço/jantar, ou só petiscar com os amigos – e sempre de maneira irresistível. De barriga de porco frita à parmegiana, as opções são tradicionalíssimas, e não tem como errar no pedido… Inclusive, os drinks e chopes são o acompanhamento perfeito – com menção honrosa ao chope Giro, assinado pela cervejaria Coyotero.   

Por fim, ainda vale citar que eles são #petfriendly e as mesinhas na parte exterior, além de charmosas, são bem convidativas! Vale super a visita.

Onde: Rua Padre Garcia Velho, 26 – Pinheiros, SP

Horários: quarta e quinta, das 18h às 00h; sexta, das 18h às 01h; sábado, das 12h às 01h; e domingo, das 12h às 22h.

Duas dicas em uma pros amantes de livros

Aos famintos por boas leituras, a dica de hoje é um prato cheio! Isso porque abriram duas novas livrarias em São Paulo – e ambas com uma proposta incrível, que eu não poderia deixar de compartilhar. 

A Aigo fica próxima à estação da Luz, no Bom Retiro – bairro conhecido por acolher comunidades de imigrantes há mais de 100 anos, e, justamente no intuito de ser útil pro seu público local, é que ela se define como uma “livraria migrante”: resgatando origens, homenageando diásporas e promovendo encontros através de uma curadoria riquíssima (com e sem traduções pro PT-BR) de obras sobre as comunidades imigrantes do bairro.

A Lovely House, por sua vez, fica próxima à estação do Anhangabaú – na famosa Galeria Metrópole, e tem seu foco centrado na arte. Como editora e casa de livros, sua produção e estantes são essencialmente compostas por livros de fotos (autorais e não autorais) e livros de artistas. Além da leitura, o espaço ainda promove eventos diversos (de lançamentos a encontros com convidados especiais), a fim de possibilitar trocas e incentivar a criatividade e o interesse pela cultura. Ah, e se decidir visitar, a Galeria é cheia de outras lojas e restaurantes imperdíveis para compor o programa! 

Onde: Rua Ribeiro de Lima, 453 (loja 73) – Bom Retiro, SP (Aigo); Galeria Metrópole: Avenida São Luís, 187 (sala 30, 1º andar) – República, SP (Lovely House)

Horários: terça a sexta, das 10:00 às 18:00 e sábados das 9h às 16h (Aigo); terça a sábado, das 11h às 18h (Lovely House)   

Uma audiossérie de suspense (narrada por  Selton Mello)

Pra você que quer explorar novos formatos de podcasts, e é fã de um suspense com serial killers e reviravoltas, a dica de hoje é França e o Labirinto. Em formato de série audível, acompanhamos o retorno de Nelson França a uma investigação de 20 anos atrás – época em que ele estava no auge e ainda enxergava. Convencido de que o assassino que ele ajudou a prender está de volta, o detetive particular volta à ativa, desenterrando mistérios e fantasmas do passado, incluindo os seus próprios. Com tecnologia de áudio binaural, ambientação impecável e a voz inconfundível, mas sempre magnética, de Selton Mello (em 1ª pessoa), tenho certeza que você vai viciar nos episódios! 

Uma história de amores, filhos, traições, rivais e, essencialmente, desconstruções

Dentes, do gênio italiano, Domenico Starnone, se inicia de modo bem peculiar: após perder os dois dentes incisivos em uma briga por ciúmes com a mulher, Oico – som que ele consegue pronunciar quando lhe perguntam seu nome após o acidente – se dá conta de um buraco muito mais profundo que precisa ser preenchido. 

O pai ausente e profissional mediano, que tornou sua ex-amante companheira oficial, agora, precisa lidar com as lembranças, medos e obsessões que parecem persegui-lo. Assim, à medida que busca por um dentista para reparar o estrago feito, acompanhamos – de camarote – a história de um homem imerso na masculinidade tóxica em seu caminho à desconstrução, tudo isso regado, é claro, por um humor tragicômico dos bons, que vai te fazer não querer mais parar de ler. Um livro provocativo sobre macho em desconstrução!

Minissérie sobre os marinheiros noruegueses que entraram involuntariamente na 2ª Guerra

Netflix 

Pra quem gosta de produções com temáticas históricas (e mais especificamente, sobre o período da 2ª Guerra Mundial), vai se interessar tanto quanto eu por War Sailor (Marinheiro de Guerra), uma minissérie norueguesa que nos faz embarcar na densidade do conflito armado e da sobrevivência, através da história de dois marinheiros que deixam suas vidas na Noruega para enfrentar a vastidão dos mares e acabam se tornando parte das forças Aliadas. Alfred (Kristoffer Joner) e Sigbjørn (Pål Sverre Hagen) são amigos de infância que estão trabalhando juntos em um navio mercante no meio do Atlântico, mas, quando a Noruega é invadida, em 1940 – e os navios noruegueses já estavam sitiados pelos alemães há tempos – eles acabam, involuntariamente, se tornando “marinheiros de guerra”. A série trata sobre fatos reais (e majoritariamente esquecidos), retratando também a agonia das famílias que ficaram para trás, em uma adaptação do filme de mesmo nome – sucesso de crítica e a produção de cinema mais cara do país. Super interessante e ao mesmo tempo trágico e bonito.  

Despertando o seu artista interior através de rabiscos compartilháveis

Pra descontrair e ativar a criatividade: o Dudel é um app de desenho divertido, que nos apresenta uma nova “forma” colorida todos os dias para que possamos desenhar em cima dela (a transformando em um doodle). Depois de personalizada, é só compartilhar e comparar com outros doodles de amigos on-line. Super legal!

Pra quem tem fome de música 

O Spotify tem se empenhado tanto em entregar uma experiência completa, que já é até possível comer as músicas! Pra explicar melhor: dentro da plataforma, existe um recurso “escondido” que transforma qualquer playlist (própria, pública ou compartilhada) no famoso jogo da cobrinha. Basta escolher a playlist e clicar nos três pontinhos, que, ao final da lista, você encontra a opção “Coma essa playlist”. E pra manter o tema, minha dica é testar o recurso com a seleção Jantarzinho Cool – repleta de músicas delícia pra acompanhar sua refeição. 

E se a vida após a morte fosse cientificamente confirmada?

Netflix

As teorias sobre o pós-morte são o que movem religiões, filosofias e crenças ao redor do mundo, por isso, quando o cientista, Thomas Harbor (Robert Redford), consegue comprovar que, de fato, existe “algo depois”, o desejo de ficar frente a frente com a resposta desperta uma epidemia de suicídios em massa – e enquanto o mundo colapsa, Will (Jason Segel), filho do cientista, acaba conhecendo e se apaixonando por Isla (Rooney Mara), uma mulher complexa que muda a forma que ele vê a vida. É neste contexto que se desenrola The Discovery (A Descoberta) – longa dirigido por Charlie McDonnell que, pra além de explorar um dos maiores mistérios da humanidade, ainda consegue protagonizar outras emoções complexas dos seres humanos. Uma ficção com toques de suspense e, principalmente, romance, capaz de trazer suas doses de reflexão por diferentes pontos de vista.

O Altar de Dona Carmem Virgínia em SP!

Recife e São Paulo

Dona Carmem Virgínia, chef também conhecida por apresentar o programa “Uma Senhora Panela”, no GNT, já acertou em cheio quando criou seu Altar em Recife – explorando bem a veia da ancestralidade afro-brasileira e do axé, através de um cardápio baseado no conceito do “Ajeun”, que significa comer junto, e nas quatro “forças elementares da natureza”, os chamados Orixás.

Dado o tamanho do acerto, portanto, não tinha como essa experiência (internacionalmente premiada) ficar em um só lugar, né? Por isso, Dona Carmem, junto das sócias: Luísa Sonza e Fatima Pissara, resolveram trazer o Altar para SP – mais especificamente, pra Vila Madalena, em um espaço que exala cultura, e tem até bar e mercearia!

Na mesma proposta de “alimentar corpo e alma”, o menu paulista segue irresistível e cheio de significado, com a interpretação bem característica da chef para pratos queridos, como moquecas, acarajés, escondidinhos, ensopados de mar (fora o menu próprio, inspirado nos orixás, é claro).

Onde: Rua Medeiros de Albuquerque, 270 – Vila Madalena, SP

Pra quem ama explorar sabores nacionais e artesanais

Sem ideia do que fazer neste fim de semana, mas com vontade de comer bem e descontrair? Então a Feira Sabor Nacional é o programa ideal pra você!

A Cinemateca abre as portas para mais uma edição dessa feira completa, idealizada em 2015, que já tem fãs fiéis desde os primórdios – e não haveria de ser diferente, afinal, durante os dois dias de evento, você encontra muita cultura, através de oficinas, contação de histórias, exibição de filmes e música ao vivo (desde jazz até forró), e, claro, muita gastronomia, com o melhor dos comes & bebes, além de demais acessórios e artefatos culinários.

Você se diverte e se delicia enquanto fortalece o trabalho de vários pequenos produtores gastronômicos (só nesta edição, cerca de 100 participantes)! Um baita programa pra toda família. Confira a programação completa aqui!

Onde: Cinemateca Brasileira – Largo Sen. Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino, SP
Quanto: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia); crianças até 10 anos não pagam e estudantes, pessoas acima de 60 anos ou que doarem 1kg de alimento (que será doado à ONG Anjos da Cidade) terão direito a meia-entrada
Quando: 16 e 17 de setembro
Horários: sábado, das 10h às 19h, e domingo, das 10h às 18h

Alexandre de Moraes em 06 episódios

Da parceria entre Trovão Mídia e a revista piauí, surgiu o projeto Alexandre, um podcast (ou melhor, reportagem em formato de podcast) mediado pela repórter, Thais Bilenky, que compila em 06 episódios (de mais ou menos meia hora) uma análise robusta de dados e fatos, os quais ajudam a montar uma narrativa completa sobre o Ministro do STF – uma das figuras mais controversas, e ao mesmo tempo protagonistas, do cenário político brasileiro atual. Achei bem interessante!

A biografia do maior tenista da atualidade

Ainda em clima de Grand Slams, que tal ler a biografia do Djokovic – tenista prodígio que acaba de atingir, mais uma vez, o topo do ranking mundial com 24 majors conquistados? 

Confesso que, quando me deparo com grandes talentos da humanidade, tenho uma enorme curiosidade em saber mais sobre suas trajetórias e como eles chegaram até o tal “posto de grandiosidade”. Por isso, gostei bastante da proposta desse livro, que consegue nos fazer viajar no tempo e visitar diferentes momentos da carreira do sérvio polêmico e rei dos Grand Slams: desde os primórdios da infância, em que aconteceram seus primeiros treinos, até as glórias em quadra – e, claro, passando por todos os momentos de superação, desafios e resiliência, que são marca registrada de sua carreira, e o que a torna ainda mais inspiradora.

Página por página, conseguimos entender os caminhos que o levaram ao topo do ranking mundial, mas, pra além do ídolo, Novak Djokovic, também vamos conhecendo um pouco mais do Djoko – apelido carinhoso dos fãs – em todos os seus valores, crenças, hábitos e demais singularidades. Super vale a leitura!

Descubra os segredos de quem vive até os 100 anos

Netflix

Vocês sabem que sou fã de conteúdos que me transportem e ensinem sobre as peculiaridades, hábitos e culturas que existem por aí. Por isso, Live to 100: Secrets of the Blue Zones (Como Viver até os 100: Os Segredos das Zonas Azuis) foi um verdadeiro achado. Em 4 episódios, acompanhamos o explorador e autor best seller, Dan Buettner, em sua jornada de descobertas sobre a longevidade ao redor do mundo. Baseada no próprio livro de Dan sobre o assunto, “The Blue Zone: 9 Lessons of Living Longer from the People Who’ve Lived the Longest”, a série documental nos aproxima de comunidades de centenários, concentradas nas regiões de Okinawa (Japão), Sardenha (Itália), Icária (Grécia), Nicoya (Costa Rica) e Loma Linda (Estados Unidos) – as chamadas Zonas Azuis, a fim de mostrar como é o estilo de vida dos mais “vividos” e, claro, como eles conseguem cultivar vidas, não só longas, mas também plenas e vibrantes. Muitas lições valiosas e inspiradoras!

Para suar e se deixar levar

Fazia tempo que não saía uma nova playlist da EYN…E o tema da vez é: “música para atividades físicas” – isso porque, ultimamente, tenho pedalado bastante e senti que não tinha uma playlist ideal pra me acompanhar. Mas agora ela existe! A ideia é ouvir e se deixar levar… prometo que vai te animar.

Um daqueles filmes típicos de Adam Sandler (estrelado pela própria família Sandler)

Netflix

Enfim chegou o tão esperado bat mitzvah e as melhores amigas, Stacy (Sunny Sandler) e Lydia (Samantha Lorraine), não estão economizando energia nos preparativos. Ahhh… no auge dos nossos 12 anos, tudo tem uma emoção a mais, né? Por isso, é claro que algum drama gravíssimo escolar (leia-se um garoto) acabaria entrando no meio pra agitar os ânimos. No meio do furacão, temos Danny (Adam Sandler) e Gabi (Jackie Sandler) – pai de Stacy e mãe de Lydia, respectivamente – tendo que lidar com toda a enxurrada da pré-adolescência, com seus dramas de amizade, problemas de puberdade e primeiras paixões. You Are So Not Invited to My Bat Mitzvah (Você não está convidado para o meu Bat Mitzvah), além de estrelado por toda família Sandler e pela icônica, Idina Menzel – o que já é um baita chamariz – é um daqueles filmes teen água com açúcar, gostosos de assistir, pra revisitar os tempos “mais fáceis” e dar boas risadas. Super sessão nostalgia.

Os sabores da Chapada Diamantina em Pinheiros

Para além das belezas naturais, visitar a Chapada Diamantina, com certeza, também se torna memorável pela comida! Mas se você está em SP e ainda não consegue chegar até este destino baiano imperdível, a Casa de Ieda faz esse transporte, trazendo os sabores de lá direto pra Rua Ferreira de Araújo!

Com temperos variados e muita personalidade, a chef Ieda de Matos – que já participou do Iron Chef BR e é proprietária da Casa – na companhia do chef Everton Figueiredo, que também já participou do reality – faz uma leitura própria da comida regional através de pratos deliciosos e super tradicionais (muita carne de sol, tapioca, mandioca e demais itens 100% nordestinos envolvidos). Ah, e um destaque especial para os drinks, que também levam os sabores da região para o copo! Delícia!

Onde: Rua Ferreira de Araújo, 841 – Pinheiros, SP

B.B. King e todo seu legado chegam ao MIS!

Riley Ben King, mais conhecido como B. B. King – B duplo para “Blues Boy”, apelido da época em que trabalhava na rádio – fez uma verdadeira revolução na música, o que acabou o levando ao posto de “Rei do Blues” (e do maior guitarrista do gênero na atualidade).

Em homenagem à tamanha realeza, portanto, o MIS (Museu da Imagem e do Som), resolveu reunir itens marcantes, como: registros em imagem – desde a juventude até os prêmios – credenciais e brindes de turnês no BR e até mesmo seu Grammy, de 1971, e a Gibson Lucille, assinada no show de 1993 em São Paulo, para remontar a trajetória lendária de King em toda sua potência. 

E, assim, nasceu a exposição inédita, B.B. King: um mundo melhor em algum lugar, um verdadeiro altar sensorial dedicado ao músico que, não somente o homenageia, mas também exalta o propósito de sua caminhada, retomando a importância da luta, da inclusão, da diversidade e do respeito. Passeio imperdível!

Onde: Av. Europa, 158 – Jardim Europa, SP (MIS – Museu da Imagem e do Som)

Quando: de 26/07/2023 até 08/10/2023

Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia); às terças: ingresso gratuito, retirada apenas na bilheteria física do MIS

Horários: terça a sexta, das 10h às 19h; sábados, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 10h às 18h (permanência até 1h após o último horário)

Quando o Mano Brown te convida pra ampliar a visão (através de papos bem interessantes)

Mesmo pra quem não é tão imerso no universo do rap, sabe que o Mano Brown, do Racionais, é uma lenda. E curti demais descobrir o Mano a Mano, um podcast liderado pelo próprio Brown (com participação da jornalista Semayat Oliveira), onde, da mesma forma que suas músicas, a proposta é instigar o pensamento crítico e a reflexão. Na companhia de grandes personalidades, surgem ótimos debates sobre temas super relevantes. Inclusive, se já vale a indica de onde começar: amei os episódios com o Gilberto Gil e a Ivete Sangalo.

Para se permitir entrar nas questões complexas do existir

Já adianto que A Insustentável Leveza do Ser, do autor tcheco, Milan Kundera, não é um livro fácil – e muito menos daqueles pra “descansar a mente”. Apesar de tratar sobre enredos amorosos, o intuito da obra é, na verdade, nos colocar contra a parede pra refletir bem densamente sobre tabus, opressão, desejos, liberdade e, claro, sobre o quão pesada também é a leveza pra quem vive (e detalhe: o livro é de 1982).

Na Tchecoslováquia de 1968 – em meio à invasão russa – somos apresentados a Tereza, Tomas, Sabina e Franz, quatro adultos descritos como “capazes de quase tudo para vivenciar o erotismo que desejam para si”. De início, entendemos que existem alguns fios que os ligam (partindo, inclusive, do encontro principal entre os dois primeiros), mas é quando os quatro acabam fugindo do conflito para Suíça que suas histórias, de fato, se entrelaçam. Destino? Acaso? Para explicar os encontros e desencontros, Kundera abandona teses “absolutas” e nos faz mergulhar no real, entendendo que a existência é fruto do que se fez e faz, e que mesmo buscando escolhas que visem a leveza, o peso é inevitável. 

Opostos se sobrepõem durante a leitura, criando camadas complexas que nos fazem questionar de tudo um pouco – inclusive aqueles dilemas existenciais certamente inevitáveis, mas que buscamos adiar.

Comédia ácida sobre um casal de adolescentes, no mínimo, excêntricos

Netflix

Baseada nos quadrinhos de mesmo nome, The End of The F * * * ing World foi lançada em 2018 – inclusive, já está na 2ª temporada – mas continua conquistando fãs ao contar a história maluca de James (Alex Lawther) e Alyssa (Jessica Barden), um casal que combina pela excentricidade e instabilidade. James tem 17 anos e acredita ser um psicopata, já Alyssa, novata na escola, é uma rebelde sem causa bem peculiar. Os dois, desajustados naturalmente, acabam vendo um no outro a oportunidade perfeita para mudarem de vida, e a partir desse match canônico, portanto, a história se desenrola em uma road trip de fuga, com muita loucura envolvida. Os toques de humor ácido mega inteligente são o diferencial, mas apesar dessa abordagem, a série ainda consegue tratar sobre temas bem sensíveis à juventude de hoje (e até aos mais velhos) – além de nos colocar dentro dos paradoxos constantes de “Será que devo gostar desse personagem? Será que algo justifica o que está fazendo?”. O fato é que ações sempre têm consequências, e a série sabe muito bem trabalhar isso!

Para acompanhar um bom café

Acho que vocês já perceberam que as nuts de hoje estão temáticas, né? Então, pra embalar o clima, nada melhor do que a Café & Música, seleção original Spotify perfeita para um descanso com a bebida… E como a gente sabe que um cafézinho vai bem sempre, essa seleção, não só pode te acompanhar enquanto degusta um café delicioso (de preferência nos lugares elencados na última sessão aqui da news), como também enquanto lê o livro da semana ou até no trajeto para a indica de onde ir. Você escolhe!

Há 4 dias (e exatos 21 anos), o destino de Amélie Poulain começaria a mudar para sempre… 

Apple TV+

29 de agosto é o dia de um dos anúncios mais famosos das telonas: “em 48 horas, a vida de Amélie Poulain mudará para sempre”. Achei, portanto, o momento ideal para reviver e indicar esse clássico francês – que, se você ainda não viu, está perdendo tempo… Filme favorito de muitos e, inclusive, sempre exaltado pela crítica, O Fabuloso Destino de Amélie Poulain envelhece como vinho e segue marcando décadas com seu jeito “pop cult”, delicado e tocante de contar a história de uma jovem do interior que (re)começa a vida em Paris, no Café des 2 Moulins – o qual fica no bairro de Montmartre e atrai milhares de visitas anualmente. O interessante é que o próprio café acaba virando um certo protagonista da história, sendo o cenário onde se desenrolam as aventuras, descobertas, evoluções, romances e demais eventos basais para o traçar do destino fabuloso de Amélie. Daqueles títulos memoráveis, que te fazem querer mudar sua vida inteira, é uma ode a todos os sonhadores que sabem a beleza que existe em (ainda) ver motivos e maneiras para querer mudar o mundo.

Seleção EYN com os cafés que você precisa conhecer

São Paulo

Pra fechar com chave de ouro, é claro que não podia faltar a nossa seleção especial com lugares que estão em alta e você, fã de café, precisa conhecer! Cada um com uma particularidade, são opções ideais para todo tipo de paladar, mood ou preferência. Bora lá?

KOF – King of the ForkCafé e bike no mesmo lugar? Sim! Cafés caprichados e muito amor pelo pedal são a marca registrada.

Futuro RefeitórioPros mais exigentes, os cafés daqui têm história. Cada parte do processo importa e é vista no detalhe (desde a colheita até o plantio).

Coffee LabVárias experiências em uma só! Pra quem realmente quer mergulhar no universo do café (seja fazendo ou só apreciando).

Coffee LabVárias experiências em uma só! Pra quem realmente quer mergulhar no universo do café (seja fazendo ou só apreciando).

The CoffeeOn the go! Se está com pressa, mas não abre mão de um bom café, nosso parceiro é a pedida certa (e com tantas unidades, você sempre pode achar um no caminho).

Bogo CaféMais uma opção pra quem está na correria e quer retirar sua bebida. Apesar de que vale a pena prestar atenção nos detalhes fofíssimos do ambiente!

Café ZinnA fim de dar uma pausa no seu dia? Aqui ela se torna gostosa e super aconchegante!

Sofa Café – Pra quem gosta de experimentar e descobrir novos sabores, por meio de cafés especiais (e aqui a Torra é própria, viu? Ideal pros paladares mais rigorosos).

Afinal, como o café vira café? Um passeio gostoso para mergulhar (literalmente) na bebida!

Santos
O café está presente em todo tipo de mesa, de todo tipo de jeito – seja coado, expresso, com leite ou sem – mas você já se perguntou como ele vira o café propriamente dito (do jeito que você o encontra todo dia)?

Pra te ajudar a tirar essa dúvida – e, de quebra, ainda fazer um passeio delicioso (com direito à degustação pra quem for hoje) – vale a visita ao Museu do Café, em Santos. Sendo um dos principais pontos turísticos da região, o museu fica em um casarão igualmente histórico (edifício da Bolsa Oficial de Café) e reúne relíquias que remontam toda a história do grão, em instâncias políticas, econômicas e culturais, no Brasil e no mundo. 

Ah, e se você ficou interessado a ponto de querer entrar no processo com as próprias mãos, o museu ainda oferece uma gama de cursos, ministrados por profissionais do Centro de Preparação de Café (CPC) – aliás, se não quiser sair da capital, saiba mais sobre os cursos do CPC no Sindicafé aqui.

Onde: R. Quinze de Novembro, 95 – Santos (SP) 

Quanto: R$ 16,00 (inteira); R$ 8,00 (meia)

Horários: de terça a sábado: das 9h às 18h; domingos: das 10h às 18h (fechamento da bilheteria às 17h); o tempo da visita é de aproximadamente 1h

Notícias pra consumir junto da sua 1ª xícara de café do dia

É fato que cada pessoa tem seu “melhor horário” para absorver as notícias do dia (e a EYN sabe bem disso, rs), mas se você é do time matutino, vai curtir o Café da Manhã! Através da collab entre o Spotify e Folha de SP, os jornalistas Magê Flores, Gabriela Mayer e Gustavo Simon te dão bom dia com análises tão quentes quanto sua xícara de café, sobre os principais assuntos do momento – ah, e tudo de forma leve e simples, do jeito que a nossa mente exige nas primeiras horas do dia.

O início de uma trilogia romântica que vai te fazer derreter

O Pequeno Café de Copenhague é o primeiro livro da série Destinos Românticos, de Julie Caplin, que promete te arrancar muitos suspiros ao abrir as portas do pequeno e aconchegante café “onde o aroma de canela preenche o ar, o chocolate quente é cremoso como seda e o amor está à espera…”

Kate Sinclair é uma assessora de imprensa realizada (nos diferentes ramos da vida), e se sente em plena harmonia até levar uma rasteira profissional de quem menos esperava: o próprio namorado “dos sonhos”. Na busca de sua auto-redenção, Kate, então, decide trocar de ramo e começa, a pedido de um grande cliente, guiando um grupo de jornalistas e influenciadores por Copenhague (Dinamarca). No entanto, conhecer as maravilhas da capital do “país mais feliz do mundo” acaba sendo mais desafiador do que imaginava… Em meio ao charme, costumes e muitas delícias, a experiência também a obriga a enfrentar egos e exigências, além de ajustar seu olhar para a vida, o mundo e as pequenas coisas.

(Mais) um romance sobre superação, virada de chave e empoderamento, mas que consegue nos envolver de forma especialmente doce, com personagens marcantes e reviravoltas fundamentais, as quais nos fazem acreditar que a vida ainda pode surpreender (mais do que imaginamos) – além, é claro, de nos deixar na maior vontade de conhecer a cidade enquanto tomamos um bom café.

Remake da novela colombiana de sucesso em 1994 para você maratonar

Netflix

Para quem curte um bom novelão: a Colômbia volta a conquistar fãs (agora no streaming) com Café com Aroma de Mulher, série que remonta a telenovela de 1994 – a qual, inclusive, foi televisionada aqui no BR pelo SBT – com tudo o que há direito: muito drama, segredos de família, vilões gananciosos, eventos mirabolantes e, claro, romances fervorosos quase proibidos. Gaivota (Laura Londono) é uma jovem humilde que colhe café anualmente junto de sua mãe na Fazenda Casablanca, mas tudo muda quando elas acabam salvando a vida de Otávio (Luis Eduardo Motoa), o dono da fazenda. Antes de cumprir a promessa de dar a elas uma terra própria para cultivo, Otávio acaba falecendo e seu filho, Sebastián (William Levy), é quem assume os negócios – e acaba entrando na vida de Gaivota de uma outra forma bem mais intensa. A obra virou febre absoluta na Netflix e ganhou ainda mais fãs brasileiros com o lançamento dos episódios dublados em 2022.

Pra voltar no tempo com hits (atemporais) que marcaram o pop

Se na indústria fashion temos o movimento Y2K bombando (com mais de 4 bilhões de views em sua hashtag no TikTok), na música não há de ser diferente. Boybands, princesinhas do pop, ritmos super animados e coreografias detalhadas seguem na moda – e, na verdade, nunca saem, né? Convenhamos que sempre vão animar qualquer tipo de festa… Concorda? Então com certeza vai amar a Throwback-Pop, com mais de 150 músicas pra te teletransportar pelo tempo através de hits atemporais.  

Quando a paixão de uma garotinha pelo universo ensina lições valiosas sobre sonhos e empoderamento

Prime Video

Com direção da dupla feminina, Bert & Bertie, e um elenco nada fraco (estrelado por Mckenna Grace, Viola Davis e Allison Janney), Tropa Zero (Troop Zero) é um filme cativantemente simples, que nos ganha justamente por esse jeito fácil de contar uma história cheia de sentimento e afirmações. Na Geórgia rural da década de 70, uma menina excêntrica (a começar pelo nome, Christmas) e fascinada pela vida extraterrestre, quer concorrer para ter a voz no Golden Record da NASA. Para isso, ela recruta uma tropa de Escoteiras Birdie, bem no clichê de integrantes “desajustadas”, e acaba criando, não só a “tropa n° zero” de pequenas “cientistas”, como laços que ensinam muito além da vida fora da Terra. 

Para apreciar os sabores peruanos e amazônicos em um só lugar

São Paulo

A culinária latino-americana é, indiscutivelmente, saborosa e rica! Por isso, pirei quando descobri que o Ama.zo – Cozinha Peruana combina os sabores do Peru e da Amazônia em um só lugar  – e acho que não fui a única, porque o restaurante já é categoria Bib Gourmand do Guia Michelin (inclusive, o único peruano do BR com essa indicação).

Repleto de variedade, o menu é assinado pelo chef peruano, Enrique Paredes (ex-participante do Top Chef Brasil), com receitas tradicionais que representam bem a fusão das duas culturas – desde o ceviche, até pratos com formiga – mas sempre com um toque autêntico diferenciado. E tem mais, viu? Além das receitas, os drinks são igualmente típicos e saborosos,